NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo

Telecomunicações móveis com 15,5 milhões de clientes em Portugal

segunda, 30 novembro, 2009 /
Telecomunicações móveis com 15,5 milhões de clientes em Portugal A ANACOM divulga estudo onde refere que o número de assinantes do serviço telefónico móvel aumentou 3,3% face ao trimestre anterior e 6,9% contra Setembro do ano passado No final do 3º trimestre de 2009 existiam 15,5 milhões de assinantes do Serviço Telefónico Móvel, o que representa um aumento de 3,3% face ao trimestre anterior e de 6,9% em termos homólogos. O peso dos cartões pós-pagos, 4,256 milhões, representa 27,4% do total de assinantes, tendo registado um crescimento de mais de 5 pontos percentuais nos últimos 2 anos. Esta evolução estará associada, entre outros factores, à adesão dos assinantes aos serviços de dados baseados no UMTS que, maioritariamente, implicam o pagamento de uma mensalidade. A penetração do Serviço Móvel ascendia a 146,2 por 100 habitantes no final de Setembro. A interpretação do valor do número de assinantes e da penetração do STM deve levar em conta que muitos utilizadores dispõem de mais do que um cartão de acesso ao serviço (segundo o mais recente Inquérito ao consumo de comunicações electrónicas promovido pelo ICP-ANACOM, cerca de 10% dos clientes do serviço móvel dispõem de mais do que um cartão activo); muitos cartões SIM destinam-se a utilização exclusiva de serviços de dados e acesso à Internet. Além disso, existem cartões activos afectos a máquinas, equipamentos e viaturas (p.ex. terminais de pagamento automático com recurso à rede móvel, equipamentos de alarme, segurança, telemetria e telemática, etc.); e cartões afectos a empresas. No período em análise, o número de utilizadores com acesso aos serviços UMTS ultrapassou os 5,7 milhões. O número de utilizadores activos foi superior a 2,3 milhões, mais 32,9% do que no trimestre anterior. Em termos homólogos, o crescimento foi de 123,6% por cento. O elevado crescimento do número de utilizadores activos neste trimestre deve-se, sobretudo, ao lançamento de novas ofertas de acesso à Internet com tarifação ao dia. Uma das ofertas diárias existentes no mercado tem a particularidade de não exigir adesão prévia - ao iniciar uma sessão, e caso não tenha aderido a outro tarifário de Internet, o cliente subscreve automaticamente o tarifário diário. Os dados parecem indicar que esta oferta fomentou a utilização do serviço de Internet no telemóvel (anteriormente, os tarifários eram baseados no volume de tráfego). Os utilizadores potenciais dos serviços UMTS/HSPA representam 36,8% do total de assinantes do STM, enquanto os utilizadores activos constituem 15,3% do total de assinantes móveis. No mesmo período, foram realizadas mais de dois mil milhões de chamadas, mais 6% que no trimestre anterior. O aumento do tráfego originado, que cresceu a uma taxa superior ao crescimento do número de assinantes, foi impulsionado pelo tráfego intra-rede. O crescimento deste tipo de tráfego reforça a tendência que se tem vindo a registar e que poderá estar eventualmente relacionada com o aparecimento de ofertas específicas que permitem realizar chamadas gratuitas entre os seus aderentes, dentro da rede do respectivo operador. Em termos homólogos, o crescimento do número de chamadas foi de 9,4%. O número de minutos de conversação originados nas redes móveis totalizou 4,634 mil milhões, registando um acréscimo de 7,5% em relação ao trimestre anterior e de 14,8% em termos homólogos, explicável pelas mesmas razões que justificam o aumento do número de chamadas. A duração média das chamadas originadas na rede móvel neste trimestre, 130 segundos, manteve a tendência crescente - cerca de 6 segundos a mais que no mesmo período do ano anterior. De Julho a Setembro, foram enviadas 6,6 mil milhões de mensagens escritas. Este valor é cerca de 2,6% superior ao verificado no trimestre anterior, e mais 8,3% em termos homólogos. O número médio mensal de mensagens enviadas por assinante ascendeu a 142. Quanto aos MMS, forma enviados 30,6 milhões, mais 36% do que no período anterior, e mais 39,7% que no período homólogo. O número de vídeochamadas realizadas no trimestre, 1,449 milhões, cresceu 6,6% face ao trimestre anterior, e o tempo de conversação associado às mesmas também aumentou (0,9%)
2,515