NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Vivo perdeu 69 milhões de euros

Vivo perdeu 69 milhões de euros

sexta-feira, 05 maio, 2006 /
Prejuízos do primeiro trimestre. No primeiro trimestre do ano passado, quando os resultados ainda eram divulgados separadamente por cada uma das empresas que compõem os activos do operador, a Vivo registou um lucro de 42,1 milhões de reais (16,13 milhões de euros, ao câmbio actual).

O resultado deste ano, pior que o projectado por analistas do sector, foi consequência do aumento dos custos operacionais, segundo aponta a empresa em comunicado.

Os custos operacionais da Vivo aumentaram 17,3% por cento para 1,876 mil milhões de reais (718,77 milhões de euros), no período em análise.

Nos três primeiros meses deste ano, o EBTIDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) foi de 717,1 milhões de reais (274,75 milhões de euros), uma diminuição de 26% face a igual período de 2005.

A Vivo encerrou o primeiro trimestre deste ano com um total de 30,13 milhões de utilizadores, um aumento de 11,8% em relação ao igual período do ano passado.
2,397