NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Uma forma "sexy" de roubar informações

Uma forma "sexy" de roubar informações

segunda, 02 fevereiro, 2015 /
Uma forma "sexy" de roubar informações

Hackers fingem ser mulheres no Skype para roubar informações a rebeldes sírios.


Catfishing. Sabem o que é?

Já alguma vez foram enganados por alguém online que se fez passar por uma pessoa que não era, de forma a tentar aproveitar-se de vocês?

Esperemos que não. Caso contrário e esta pequena explicação vos seja de algum modo familiar, então podemos dizer que já foram vítimas de Catfishing.

Ao que tudo indica, este tem sido o método predilecto pelo qual as forças pró-Assad têm vindo a roubar informações de rebeldes sírios. Através da criação de contas falsas na plataforma Skype, os apoiantes de Assar conversam com supostos rebeldes sírios fazendo-se passar por mulheres, trocando ficheiros em foma de alegadas fotografias que infectam os smartphones, tablets ou PC’s das vítimas.

As supostas fotografias que os hackers enviam, são de facto ficheiros com malware embutido, que lhes permite invadirem os dispositivos dos alvos, garantindo-lhes acesso às informações neles contidas.

Até agora e segundo um programa de segurança chamado “Behind the Syrian Conflict’s Digital Frontlines”, sabe-se que perto de 7.7 GB de informações já foram roubadas, assim como perto de 12 500 contactos espalhados por 8 países.

Hacker-conversation

Acima está um exemplo em como as forças pró-Assad conversam com os seus alvos, para depois lhes roubarem as informações pretendidas.

Primeiro tentam saber que plataforma o alvo está a usar. Depois fazem questões de cariz pessoal de modo a saber mais informações acerca do alvo. Por fim, fazem a troca de ficheiros que irá culminar na instalação de malware no equipamento, cuja consequência é o total comprometimento das informações nele contidas. 


FONTE: gizmodo


2,300
Comentários
close