NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Tecnologia: Repart lança sistema de comunicações digitais para empresas

Tecnologia: Repart lança sistema de comunicações digitais para empresas

quarta-feira, 01 março, 2000 /
A tecnologia Tetra constitui a mais recente norma europeia na área das telecomunicações, adequando-se às exigências das comunicações profissionais. «Lisboa, 29 Fev (Lusa) - A Repart, empresa de sistemas de comunicação de recursos partilhados, lançou hoje a TetraTrunk, dedicada em exclusivo à prestação de serviços de comunicação e fornecimento de soluções globais para empresas através da tecnologia digital Tetra. A tecnologia Tetra constitui a mais recente norma europeia na área das telecomunicações, adequando-se às exigências das comunicações profissionais. Em termos técnicos, a TetraTrunk oferece aos seus clientes uma maior rapidez de estabelecimento de chamadas (inferior a 0,5 segundos), velocidade de transmissão de dados até 28,8 kbps (o que permite a transmissão em tempo real de uma imagem, por exemplo), qualidade digital da comunicação de voz, permitindo também a realização de chamadas de grupo. Deste modo, a TetraTrunk está especialmente vocacionada para a comunicação dentro de grupos profissionais, quer públicos (técnicos de limpeza urbana ou de distribuição de electricidade, por exemplo), quer privados (como empresas de transportes de mercadorias ou passageiros), destacando-se a sua utilidade para os sectores da segurança e dos serviços de emergência. De facto, além de permitir a uma central a localização e comunicação com todos os terminais TetraTrunk, a rapidez e eficácia das comunicações digitais constitui uma mais-valia para profissionais como polícias ou bombeiros. Os parceiros da Repart para a constituição da TetraTrunk são a Simoco, maior fabricante europeu de equipamentos rádio, a Reditus, maior prestador nacional de serviços de tecnologias de informação, e, na área das radiocomunicações, a Crocker e a NSC. O director-geral da Repart, José Taborda Gomes, contabiliza o investimento necessário em cinco milhões de contos, num período de três anos, e estima o mercado total em cerca de 100 mil utilizadores, prevendo que a TetraTrunk atinja uma quota de mercado de 50 por cento ou superior. O administrador da Reditus, principal accionista da Repart, Frederico Moreira Rato, sublinhou que a TetraTrunk "irá procurar os nichos de mercado", devendo a grande aposta passar pela transmissão de dados. Actualmente, a TetraTrunk já possui cobertura em Lisboa, devendo atingir, segundo o administrador da Reditus, uma cobertura nacional até final de 2000.»
3,030