NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Singapura quer testar automóveis sem condutor já em 2015

Singapura quer testar automóveis sem condutor já em 2015

sábado, 03 janeiro, 2015 /
Singapura quer testar automóveis sem condutor já em 2015

A cidade-estado pretende apostar num sistema de transportes semelhante à Uber, mas com automóveis que operem de forma autónoma

 

*Artigo publicado também no iOnline


Ainda não existe uma data concreta para o início dos testes aos veículos sem condutor, mas os objectivos da cidade passam por dar início a esta fase o mais rapidamente possível.

O conceito implica um sistema de transportes comparável ao serviço oferecido pela Uber, onde os passageiros requisitam veículos (só que neste caso sem condutor) que os recolham e levem até outros transportes públicos.

Espera-se que os veículos autónomos sejam de dimensões mais reduzidas que um automóvel convencional e que só sejam capazes de percorrer distâncias curtas, a baixas velocidades.


Lam Wee Shann, responsável pela divisão ‘futurista’ do Ministério dos Transportes de Singapura, referiu ainda em Novembro, no MIT, que o seu governo pretende explorar a viabilidade dos veículos autónomos e descobrir se os mesmos permitiriam reduzir a congestão do tráfego automóvel na cidade.

« Singapura convida a indústria e as academias a enviarem veículos automatizados para testes em estradas públicas, em condições reais de trânsito », disse. Ainda não são conhecidas as empresas que poderão participar nesta iniciativa.

A área ocupada por Singpura representa 700 km quadrados e é habitada por cerca de 5,5 milhões de habitantes. O trânsito automóvel na cidade é muitas vezes classificado como sendo ‘caótico’, e um dos objectivos da sua administração, ao aceitar esta iniciativa, passa por desencorajar esta forma de deslocação e tornar a cidade mais amigável para peões e ciclistas.


2,675