NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Rádios online ainda não conquistaram internautas portugueses

Rádios online ainda não conquistaram internautas portugueses

quinta-feira, 10 julho, 2014 /
Rádios online ainda não conquistaram internautas portugueses

Aproximadamente 2 milhões de internautas portugueses ouvem emissões de rádio através da internet, segundo um estudo da Marktest

Rádios online ainda não conquistaram internautas portugueses

Cerca de 1,7 milhões de internautas portugueses são consumidores de emissões de rádio online, de acordo com um estudo realizado pela Marktest relativo a 2013. Os números, contudo, são pouco significativos em relação ao universo total de inquiridos, representando apenas 20% do total.

A utilização deste tipo de serviços em Portugal está ainda pouco divulgada, e é uma tendência mais assente em faixas etárias entre os 15 e os 24 anos (45,1% deste segmento em específico admite ouvir música através de rádios online).

À medida que as faixas etárias avançam, contudo, a tendência vem diminuindo - em faixas etárias com 64 anos ou mais, por exemplo, esta percentagem é de apenas 1,4%.

Os mesmos dados também indicam que há mais homens do que mulheres a ouvir rádios online - 23% contra 17% - , e que esta tendência é verificada com maior frequência nas classes mais altas (40,1%) do que nas mais baixas (5,6%). A região do litoral centro foi a que registou a percentagem mais acentuada de ouvintes de rádios online, com 22,6%.

O estudo da Marktest teve apenas em consideração utilizadores com 15 anos ou mais, e abrangeu apenas Portugal Continental. A esmagadora maioria do universo de inquiridos, que se situa nos 80%, admitiu no entando não ouvir rádio na internet.

4,896