NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Operadores móveis definem requisitos para Open Mobile Terminal Platform

Operadores móveis definem requisitos para Open Mobile Terminal Platform

quinta-feira, 24 junho, 2004 /
Um grupo de grandes operadores móveis mundiais anunciou hoje a intenção de definir requisitos aceitáveis por todos, para a implementação de uma open mobile terminal platform (OMTP). Os membros fundadores desta iniciativa são a mmO2, NTT DoCoMo, Orange, SMART Communications, Telefónica Móviles, TIM (Telecom Italia Mobile), T-Mobile e Grupo Vodafone. Para realizar este objectivo, estes operadores criam a 23 de Junho uma nova empresa, sediada em Londres, e denominada OMTP Limited. O grupo OMTP visa definir os requisitos da plataforma necessários para os telefones móveis poderem disponibilizar interfaces abertos e estandardizados, para aplicações que possibilitem aos clientes melhores utilizações em diferentes aparelhos, ao mesmo tempo que permitem que os operadores e os fabricantes personalizem e diferenciem a sua oferta. O grupo OMTP tenciona atingir os seus objectivos pela identificação dos requisitos comuns aos operadores móveis, com o propósito de criar um quadro de referências aberto para fabricantes de telemóveis e seus parceiros fornecedores de software e hardware desenvolverem produtos compatíveis com a open mobile terminal platform. O grupo OMTP utilizará os padrões actuais, quando existirem, e encorajará o desenvolvimento de mais definições, com a apresentação dos requisitos da OMTP. Tratando-se de organização tecnológica neutra, todos os vendedores de tecnologia serão livres de contribuir e apoiar os requisitos da OMTP, e de oferecer produtos compatíveis com a OMTP.O grupo OMTP é uma associação aberta, com adesão e participação possível a organizações que queiram adoptar os requisitos OMTP, apoiar processo de concretização dos objectivos do grupo ou, simplesmente, acompanhar os seus esforços e resultados. Amena, Hutchinson 3G, KPN, One Austria, SFR e Telenor já mostraram interesse em aderir ao grupo OMTP.
3,206