NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
O Napster chegou ontem a Portugal, desta vez de forma 100% legal

O Napster chegou ontem a Portugal, desta vez de forma 100% legal

quinta-feira, 06 junho, 2013 /
O Napster chegou ontem a Portugal, desta vez de forma 100% legal

Lembram-se do Napster? O polémico serviço de partilha de MP3 que esteve na origem de vários processos legais mediáticos, alguns dos quais com nomes como Metallica, voltou a estar disponível aos utilizadores portugueses. Mas desta vez em formato legal.

O Spotify tem mais um concorrente na terra de Camões: o Napster passou a estar disponível ontem, dia 4 de Junho, aos utilizadores portugueses. Não que esta seja a primeira vez que se ouve falar do serviço em Portugal, mas sim por desta vez se estrear do lado dos artistas e das editoras.

O Napster vem disponibilizar um catáligo com mais de 20 milhões de músicas disponíveis - online e offline, anunciou o Sol - através da conexão de sistemas de áudio, smartphones, tablets e outros dispositivos.

O Napster chegou ontem a Portugal, desta vez de forma 100% legal

O serviço, que já se encontrava disponível para iPhone, iPad e dispositivos Android, disponibiliza também conteúdos como listas de reprodução, artistas a seguir e até guias musicais para ajudar os seus utilizadores a conhecerem música nova, além de entrevistas exclusivas e sessões ao vivo.

Os primeiros 30 dias de utilização do serviço são gratuitos, mas a partir daí os utilizadores que optarem por dar continuidade à utilização do Napster poderão fazê-lo a partir de €9,95 mensais.

4,667