NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
O Android e o Chrome nem sempre se deram bem

O Android e o Chrome nem sempre se deram bem

sexta-feira, 15 março, 2013 /
O Android e o Chrome nem sempre se deram bem

Mas agora que a divisão Android da Google tem um novo responsável, por sinal ligado à divisão Chrome da empresa, as coisas poderão mudar.

Andy Rubin é um nome popular dentro do universo das tecnologias: ele foi até bem recentemente o responsável máximo pela divisão Android da Google, e terá sido um dos principais responsáveis pela popularidade astronómica que o sistema operativo da gigante norte-americana goza hoje em dia. Mas se o seu percurso foi fortemente marcado pelo sucesso, porque motivo terá saído da divisão Android da empresa?

O Wall Street Journal pensa que as razões estão de alguma forma relacionadas com o Chrome - não o browser, mas o sistema operativo da Google. De acordo com as informações divulgadas, Rubin não facilitou propriamente a integração do Chrome com o Android, e a sua saída pode ter sido uma forma de acelerar esse processo.

O Android e o Chrome nem sempre se deram bem

O Wall Street Journal cita algumas fontes que terão referido que Andy Rubin era demasiado intependente das outras divisões da Google, o que por vezes resultava em conflitos [com outras divisões] acerca dos serviços da Google que iriam aparecer no Android. E acrescentam: As unidades Android e Chrome tiveram dificuldades em trabalharem juntas para trazerem em 2012 o browser Chrome ao Android, substituindo o browser que a equipa do Android tinha construído.

Talvez não seja coincidência que o novo responsável pelo Android - Sundar Pichai - também seja o actual responsável pela divisão Chrome da Google. São vários os meios de comunicação que o têm descrito como sendo mais 'afável' que o seu antecessor, o que futuramente poderá contribuir para um maior equilíbrio entre as duas plataformas da gigante norte-americana.

Como vêem uma integração aprofundada entre o Android e o Chrome OS? Acham que poderá gerar resultados promissores? Pensam que é um passo necessário para a evolução deste ecossistema? Deixem-nos o vosso feedback!

3,709