NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Novo vírus consegue “destruir” computadores Apple

Novo vírus consegue “destruir” computadores Apple

sexta-feira, 07 agosto, 2015 /
Novo vírus consegue “destruir” computadores Apple
Foi criado em laboratório um vírus capaz de invadir computadores Apple

Aclamados como dos sistemas mais seguros do mundo, as interfaces operativas da Apple são decididamente das favoritas no que à segurança diz respeito. Contrariamente ao Windows da Microsoft ou ao Android da Google, o Mac OS é tido por muitos como o sistema operativo quem menos invasões permite, oferecendo aos seus utilizadores uma segurança ímpar. Contudo, isso parece estar a mudar.

Xeno Kovah, proprietário da empresa LegbaCore e Trammell Hudson, engenheiro de segurança informática, conseguiram criar um vírus altamente corrosivo direccionado especificamente para computadores da empresa da maçã, a que chamaram de “Thunderstrike 2” (será que já houve um primeiro?) e que de acordo com Kovah, citado pelo jornal Wired, «é muito difícil de detectar e muito complicado de escapar».

O vírus foi concebido com o propósito de expor as vulnerabilidades dos equipamentos da gigante norte-americana, alojando-se no sistema operativo sem que os programas antivírus o consigam detectar com eficácia. Para além disto o vírus pode ser transmitido por acessórios, sem que seja necessária uma ligação à internet. É também de salientar que os utilizadores da Apple não correm qualquer tipo de risco de momento, sendo que o vírus foi criado de forma controlada e por agora está confinado ao “laboratório”.

A nova ferramenta de malware será apresentada na conferência “BlackHat” que decorrerá em Las Vegas, Estados Unidos, a partir de hoje.
5,148