NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
NFC - operadores chegam a acordo de normalização

NFC - operadores chegam a acordo de normalização

terça-feira, 22 fevereiro, 2011 /
NFC - operadores chegam a acordo de normalização

Diversos operadores móveis anunciaram seu compromisso com a implementação da tecnologia Near Field Communications (NFC) cujos efeitos práticos deverão estar implementados já no próximo ano.

Muitas das principais operadoras de redes móveis do mundo, incluindo a America Movil, Axiata Group Berhad, Bharti, China Unicom, Deutsche Telekom, KT Corporation, MTS, Orange, Qtel Group, SOFTBANK MOBILE, Telecom Italia, Telefonica, Telekom Austria Group, Telenor e Vodafone anunciaram seu compromisso com a implementação da tecnologia Near Field Communications (NFC), e pretendem lançar serviços de  NFC em mercados seleccionados até 2012.

"O NFC é talvez mais conhecido por seu papel na autorização de pagamentos móveis, mas as suas aplicações vão muito além disso", disse  Franco Bernabe, director da  GSMA e director executivo da Telecom Italia. "O NFC representa uma importante oportunidade de inovação e facilitará uma larga variedade de serviços interessantes e aplicações para consumidores, tais como compra e uso móvel de bilhetes, assim como também o recebimento e uso de cupons, troca de informações e conteúdo, e o controle do acesso a carros, lares, hotéis, estacionamentos empresariais e muito mais".

O mercado potencial para a NFC é significativo – de acordo com a Frost & Sullivan, o valor total do pagamento pelo NFC, mundialmente, alcançará mais de 110 bilhões de euros em 2015 – e o impulso por trás da tecnologia cresce velozmente. Para tratar esta oportunidade e oferecer novos e valiosos serviços a utilizadores de telemóveis em todo o mundo, a comunidade das operadoras está voltada para a condução da implementação padronizada de NFC móvel, usando o cartão SIM como o elemento seguro para fornecer autenticação, segurança e portabilidade.

Para alcançar isto, a GSMA vai desenvolver a certificação necessária e padrões de testes para assegurar a interoperabilidade global dos serviços NFC. Esta interoperabilidade é fundamental para alastrar a adopção da NFC, permitindo que os utilizadores beneficiem dos serviços NFC em todo o mundo, independentemente da rede operadora ou tipo de equipamento.

"Como vimos, a adopção de diferentes abordagens à NFC servirá apenas para fragmentar o mercado", continuou Bernabe. Ao unir-se em torno de uma única e padronizada abordagem de NFC mobile, e ao colaborar ao longo do inteiro ecossistema, a nossa indústria continuará a desenvolver os complexos serviços exigidos pelos consumidores.

2,502
Tags
NFC