NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Internet: Acesso através da rede eléctrica poderá estar no mercado em 2001

Internet: Acesso através da rede eléctrica poderá estar no mercado em 2001

quarta-feira, 01 março, 2000 /
Duas companhias eléctricas alemãs, RWE e Veba, preparam-se para oferecer em 2001 o acesso ao telefone e à Internet através da rede eléctrica, dispensando a necessidade de utilização de outros cabos. «Hannover, 29 Fev (Lusa) - Duas companhias eléctricas alemãs, RWE e Veba, preparam-se para oferecer em 2001 o acesso ao telefone e à Internet através da rede eléctrica, dispensando a necessidade de utilização de outros cabos. O consumidor poderia, desta forma, estar conectado permanentemente à Internet através de uma ligação à rede eléctrica em qualquer divisão da sua casa, depois de superados obstáculos como a concessão de licenças para esta tecnologia e a eliminação de ondas electromagnéticas que possam causar danos físicos e interferências. Este avanço tecnológico, conhecido por Powerline, tem estado em destaque na feira CeBIT de Hannover, uma das maiores feiras mundiais de informática e telecomunicações, a decorrer desde 24 de Fevereiro e até 01 de Março. Os defensores da tecnologia Powerline terão ainda de lidar com os problemas técnicos existentes e com a dura concorrência dos fornecedores de Internet. Na feira de Hannover, têm também merecido destaque as novidades de software, desde a apresentação do sistema operativo Windows 2000 da Microsoft até aplicações para melhorar a segurança na Internet. Um sistema cuja aplicação prática tem vindo a ser questionada é o novo protocolo para aceder à Internet através dos telefones móveis, o WAP (Wireless Application Protocol), já que alguns especialistas afirmam que será apenas um sistema de transição até ao surgimento no mercado da nova geração de telefones móveis em 2002 (UMTS - Standard Universal de Telecomunicações Móveis). Na Europa, estes novos telefones móveis poderão transmitir dados a uma velocidade de 384 Kilobits por segundo, 40 vezes mais rápidos do que os actuais telefones da geração GSM, podendo o ritmo de transmissão quintuplicar em condições ideais.»
3,296