NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
ICARUS. Projecto de robots salva-vidas começa em 2016

ICARUS. Projecto de robots salva-vidas começa em 2016

sexta-feira, 10 julho, 2015 /
ICARUS. Projecto de robots salva-vidas começa em 2016
Projecto de drones salva-vidas para arrancar em Janeiro do próximo ano. 

Os drones são decididamente uma indústria com ainda muito por explorar. As possibilidades são inúmeras assim como os sectores onde os mesmos podem actuar.

Ultimamente a utilização dos drones tem sofrido um maior ênfase devido a razões não tão boas, como a múltiplas queixas por invasão de privacidade, o que até já chegou ao ponto de levar uma empresa a fabricar drones cujo único e exclusivo objectivo passa por caçar outros da sua espécie. Contudo, hoje trazemo-vos um outro lado que consiste num aproveitamento desta tecnologia para uma das mais nobres finalidades que o ser humano pode ter. Salvar vidas.

Um projecto de seu nome ICARUS (Integrated Components for Assisted Rescus and Unmanned Search Operations) reúne 24 países nos quais Portugal, reconhecidamente activo nesta indústria, se inclui.

A intenção do projecto é simples: desenvolver ferramentas robóticas cujo propósito passa por auxiliar equipas de salvamento, tanto a nível terrestre como marítimo. Tendo esta meta em conta, as possibilidades são de facto inúmeras. Os cenários em que o projecto está delineado para ser colocado em prática incluem contextos de crises e desastres naturais, como explica Aníbal Matos, um dos responsáveis pelo ICARUS.

«Imaginemos que um navio de passageiros encalha ou afunda em alto mar, mas as condições marítimas e atmosféricas não permitem às equipas de busca e salvamento efectuar as operações de resgate de vítimas em segurança. Uma solução será usar robots autónomos que podem auxiliar estas equipas em situações de catástrofe».

Com um investimento na ordem dos 17 milhões de dólares, o projecto teve início em 2012 e tem uma data de conclusão anunciada para Janeiro de 2016. A última demonstração do projecto decorreu ontem e decorrerá hoje na base naval do Alfeite, numa iniciativa denominada “Sea Trials Lisbon 2015”
2,721