NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Huawei investe 881 mil euros no apoio a projetos de literacia para crianças surdas em toda a Europa

Huawei investe 881 mil euros no apoio a projetos de literacia para crianças surdas em toda a Europa

sexta-feira, 22 fevereiro, 2019 /
Huawei investe 881 mil euros no apoio a projetos de literacia para crianças surdas em toda a Europa

The Rent Zone - Aluguer de Dispositivos Tecnológicos

 

A Huawei vai continuar a incentivar a campanha de StorySign, que tem como objetivo ajudar crianças surdas a aprender a ler, prevendo investir 500 mil dólares (881 mil euros) em parceria com a European Union of the Deaf. Como parte deste compromisso, a Huawei vai financiar quatro novos livros para serem adicionados na biblioteca do StorySign no Verão de 2019.

A aplicação StorySign foi lançada pela primeira vez em dezembro de 2018, com o intuito de ajudar a melhorar o tempo de histórias para crianças surdas e os seus pais. O avatar amigável da aplicação, “Estrela”, traduz os livros infantis selecionados para linguagem gestual em tempo real, concedendo uma experiência de leitura perfeita para crianças surdas e, respetivos, pais. A tradução de palavras, feitas pela “Estrela”, ajudam pais e filhos a aprender a ler juntos, ao seu ritmo, abrindo o mundo dos livros e enriquecendo esses momentos mágicos na hora da história. Atualmente, está apenas um livro disponível para cada país.

Existem aproximadamente 32 milhões de crianças surdas em todo o mundo, e muitas delas lutam para aprender a ler, devido à falta de recursos para colmatar as diferenças entre linguagem de sinais e a leitura. Através da aplicação StorySign, a Huawei pretende aumentar a conscientização sobre a alfabetização de crianças surdas, chegando a um público mais amplo e inspirando mais pessoas a envolverem-se à medida que o projeto evolui.

 

No lançamento da aplicação, a Huawei incentivou as pessoas a contribuírem através do site da StorySign, tendo arrecadado o valor para apoiar projetos de alfabetização de crianças surda por toda a Europa. Neste momento, o foco da Huawei é garantir que a StorySign se torne um recurso a longo prazo que, esteja continuamente em crescimento e possa beneficiar a comunidade surda.

“Na Huawei acreditamos que quando se une a imaginação humana com o poder da nossa tecnologia de inteligência artificial, podemos tornar o mundo ainda melhor”, afirma Walter Ji, Presidente da Western Europe Consumer Business Group na Huawei, acrescentando que “a esmagadora resposta que obtivemos ao StorySign, permite nos assegurar que podemos colocar a nossa visão de longo prazo em movimento e esperamos conseguir inspirar outros a envolverem-se. Queremos continuar a explorar o potencial do StorySign que, se deverá tornar numa ferramenta educacional mais abrangente, revolucionando a forma como se aprende língua gestual a partir da tecnologia e derrubando as barreiras quotidianas entre as comunidades”.

Mark Wheatley, diretor executivo da European Union of the Deaf, sublinha ainda que “o apoio que a União Europeia de Surdos e a Associação Nacional de Surdos receberam até hoje, resultado da parceria com a StorySign, teve um impacto genuíno nas várias famílias em toda a Europa. Queremos continuar a colaborar com a Huawei para apoiar o futuro desenvolvimento do StorySign como ferramenta de aprendizagem”. Para este responsável, a app não só ajudará crianças surdas a aprender a ler e a desenvolver o gosto pela leitura, mas também a ensinar os pais a criar novos laços entre pais e filhos.

“Acreditamos que a app StorySign tem a capacidade de redefinir a nossa compreensão de como ensinamos e nos envolvemos mais eficazmente com a língua gestual para as famílias com crianças surdas, mas também para a comunidade que deseja desenvolver um conhecimento básico da linguagem por sinais”, explica Mark Wheatley.

 

1,047