NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Fundação Vodafone e Instituto Português do Sangue e da Transplantação desenvolvem sistema de alarmística de suporte ao registo português de transplantação

Fundação Vodafone e Instituto Português do Sangue e da Transplantação desenvolvem sistema de alarmística de suporte ao registo português de transplantação

segunda-feira, 25 março, 2019 /
Fundação Vodafone e Instituto Português do Sangue e da Transplantação desenvolvem sistema de alarmística de suporte ao registo português de transplantação

The Rent Zone - Aluguer de Dispositivos Tecnológicos
O Sistema pretende contribuir para a eficiência da transmissão da informação relativa às diferentes etapas da cadeia de transplantação, servindo de apoio aos Profissionais de saúde ligados à transplantação.

 

A Fundação Vodafone Portugal e o Instituto Português do Sangue e da Transplantação desenvolveram, em parceria, um projeto suportado nas novas tecnologias de comunicação destinado a otimizar a transmissão da informação relativa às diferentes etapas da cadeia de transplantação.

A colheita e transplantação de órgãos são atividades que envolvem um complexo ecossistema, processos e vários intervenientes que integram a Rede Nacional de Colheita e Transplantação: médicos, enfermeiros e coordenadores de colheita e transplantação que desempenham múltiplas tarefas que podem decorrer em diferentes espaços físicos, pelo que a aplicação permitirá a estas equipas receber, em tempo real, alertas sobre a evolução temporal do processo de transplantação.

Esta App de Alarmística foi desenvolvida com o objetivo de melhorar a articulação na transmissão de informação relativa às diferentes etapas, a partir do Registo Português de Transplantação.

A App vai permitir que as equipas médico-cirúrgicas e laboratoriais envolvidas no processo de transplantação recebam em tempo real, alertas sobre a evolução temporal do processo de transplantação, assim como os médicos assistentes com doentes em lista ativa para transplantação também serão informados sobre a evolução dos processos de transplantação registados no Registo Português de Transplantação.

 

555