NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Evolução dos telemóveis da Google

Evolução dos telemóveis da Google

segunda-feira, 19 novembro, 2012 /
Evolução dos telemóveis da Google

Com todo o Tsunami de smartphones a invadir o mercado a cada dia que passa, porque não saber um pouco mais sobre a história dos telemóveis da Google?

Recuando até 2005, o Android era desenvolvido pela empresa Android Inc, que entretanto foi adquirida pela Google e passou a fazer parte integrante do já vasto legado da gigante norte-americana.

Evolução dos telemóveis da Google

Em 2007 o sistema operativo Android é oficialmente apresentado, sendo pouco tempo depois disponíbilizado como plataforma open source e possibilitando à actual comunidade de programadores a criação das suas próprias aplicações e versões personalizadas do SO.

A evolução dos smartphones da Google é impossível de passar despercebida: entre o seu primeiro smartphone (Google G1) e o seu mais recente lançamento (Google Nexus 4), as diferenças são simplesmente abismais. Vejamos então um pouco mais em detalhe esta evolução nos equipamentos, mas também nas marcas que os fabricaram:

2008. Google G1 (Android 1.6)

Evolução dos telemóveis da Google

O primeiro smartphone Google fabricado pela HTC foi apelidado de Google G1. Com teclado QWERTY deslizável, ecrã touch com 65.000 cores, trackball e câmara de 3.15 MP, este foi “O” Android original.

2009. Google Ion / HTC Magic (Android 1.6)

Evolução dos telemóveis da Google

Ainda fabricado pela HTC, o segundo smartphone da Google foi baptizado de Google Ion (ou HTC Magic). Abandonando a anterior preferência pelo teclado físico, a Google apresentou assim o seu primeiro equipamento com teclado incorporado no ecrã. Sem grandes revoluções em termos de hardware, o Google Ion veio inovar pela ausência de teclado físico e pelo ínicio da tendência “quanto mais fino melhor”, tendo quase menos 5 milímetros que o seu antecessor.

2010. Nexus One (Android 2.1)

Evolução dos telemóveis da Google

Foi neste ano que a HTC fabricou o seu último equipamento para a Google, criando o Nexus One. Seguindo as tendências, foi criado com menos botões físicos, dando preferência aos botões touch, possuindo na zona frontal apenas uma trackball. O Nexus One veio também revolucionar os smartphones da Google através das suas caracteristicas de hardware, vindo apetrechado com um dos primeiros ecrãs AMOLED, uma densidade de 252 ppi e também uma câmara com 5 MP.

2011. Nexus S (Android 2.3)

Evolução dos Telemóveis da Google

 A Samsung, depois de ter afirmado com grande peso a sua presença no mundo dos smartphones, desenvolve o seu primeiro smartphone para a Google, o Nexus S.

Apesar de ter sido oficialmente lançado no Reino Unido a 22 de Dezembro de 2010, o Nexus S ganhou força por todo o mundo no ínicio do ano 2011. Com a primeira interface totalmente touch, e o primeiro ecrã Super AMOLED da gama Google, este telemóvel veio também ganhar destaque pelo grande melhoramento da sua bateria, pelos 512MB de RAM e também pela sua câmara frontal.

2011. Samsung Galaxy Nexus ou Nexus 3 (Android 4.0)

Evolução dos telemóveis da Google

O sucessor do Nexus S foi o Samsung Galaxy Nexus, também apelidado de Nexus 3. Foi o primeiro smartphone da Google a atingir valores abaixo de 1 cm em relação à sua espessura, e também o primeiro a atingir uma resolução de imagem de 720x1280 pixeis (com 316 ppi). Equipado com um processador Dual core e com 1GB de RAM, o Galaxy Nexus veio também apetrechado com uma melhorada camâra frontal (1.3 mega pixeis) e com gravação de alta definição através da câmara traseira.

Evolução dos telemóveis da Google

2012. Nexus 7 (Android 4.1)

Foi durante este ano que a Google decidiu revolucionar o mercado dos tablets Android. Fabricado pela Asus, a Google apresenta o seu primeiro tablet, o Nexus 7. Com um ecrã de 7 polegadas e uma resolução de 1280x800 pixeis, equipado com NVIDIA Tegra 3 e 1GB de memória RAM, não foi o suficiente para fazer frente ao gigante da Apple mas conseguiu ganhar o seu próprio espaço no mercado - um pouco graças à sua relação qualidade preço.

2012. Nexus 4 e Nexus 10 (Android 4.2)

Com o lançamento da nova versão do Android (4.2) a Google preparou em parceria com a LG e Samsung a sua nova gama Nexus, acrescentando à familia mais um smartphone (Nexus 4) e um tablet (Nexus 10). O Nexus 4 surge a um preço muito baixo se o compararmos à média dos smartphones de topo, contudo as suas características surpreendem bastante: tem um ecrã de 4.7 polegadas e uma resolução de 768x1280 pixeis, processador Quad-core e 2GB de RAM, vindo ainda equipado com uma câmara de 8 MP que traz incorporadas inúmeras funções.

O primeiro “verdadeiro” tablet da Google, o Nexus 10, conta também com um preço bastante abaixo da concorrência e surge com um ecrã de 10 polegadas e uma resolução de 2560x1600 pixeis, apetrechado com um processador dual core (Samsung Exynos 5) e também 2 GB de RAM. A sua câmara traseira tem apenas 5 MP, mas vem optimizada para vídeo conferências e inclui uma câmara frontal de 1.9 MP.

Sem dúvida que a Google nos últimos 4 anos, não só tem vindo a assumir o controlo do mundo dos smartphones através do SO Android, mas também tem marcado a sua forte posição com os seus equipamentos de ponta. Depois de todas as surpresas trazidas com a nova gama Nexus à bem pouco tempo, quais serão as próximas novidades que terão para nos oferecer?

12,873