NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Entrevista com Miguel Oliveira (Edigma)

Entrevista com Miguel Oliveira (Edigma)

terça-feira, 05 maio, 2009 /
Entrevista com Miguel Oliveira (Edigma) Miguel Oliveira é CEO da Edigma, a empresa seleccionada pela Optimus para implementar a Optimus Flagship Store, um conceito tecnológico que vem conciliar a realidade com o virtual. O jovem empresário vem ao telemoveis.com falar deste mega projecto situado na Casa da Música no Porto e que muito tem surpreendido os visitantes com sensações e experiências interactivas únicas. Telemoveis.com: Fale-me um pouco deste mega projecto que é uma fachada de projecção interactiva tridimensional com 22 metros na Casa da Música no Porto. Os resultados foram atingidos de acordo com os objectivos inicialmente colocados?

Miguel Oliveira: O objectivo era criar um espaço para a marca Optimus que, mais do que vender telemóveis ou planos de assinatura, pudesse ser um espaço que comunicasse os valores da marca. A Optimus é conhecida pelo seu carácter inovador (foi a única operadora de telecomunicações do Mundo a receber 3 GSM Awards consecutivos), por ser uma marca dinâmica e moderna. A cultura, especialmente a música, é também uma das características mais marcantes da personalidade da marca. Foi criado um espaço altamente inovador e tecnológico onde os utilizadores pudessem experimentar todos os produtos, serviços e soluções de uma forma imersiva. A Optimus Concept Store é uma das mais avançadas lojas de telecomunicações de todo o mundo.

Telemoveis.com: O Experience Block é o coração tecnológico deste espaço; entre as várias funcionalidades, permite a comparação entre os modelos de telemóveis expostos, a consulta de telemóveis, bem como o download directo de ringtones e músicas, além de outras opções. Que experiências proporcionadas são estas que na certeza vão interessar os visitantes do portal telemoveis.com?

MO: No Experience Block é possível, por exemplo, definir quais as características de telemóvel mais importantes no telemóvel novo que vamos escolher que um painel de telemóveis acende e apaga consoante as nossas escolhas, com a intensidade de luz a indicar quais os modelos que se adequam em maior ou menor escala. Existe um ecran gigante com diferentes vídeos de música a serem transmitidos em simultâneo, que os utilizadores podem seleccionar através do toque, passando esse video a ocupar a totalidade do ecrã. É possível também seleccionar wallpapers para fazer download para o telemóvel, através de um ecran interactivo de formato atípico, com um interface que permite manusear os wallpapers da mesma forma que se visualizam imagens no iphone.

Telemoveis.com: Pode fazer uma breve descrição dos módulos que actuam no Experience Block, cito a título de exemplo o Phramacy, mas pode mencionar outros.

MO: No módulo Pharmacy os utilizadores podem escolher vários telemóveis de entre aqueles que estão disponíveis que quando os pousam na mesa de comparação um ecran interactivo com as características dos telefones seleccionados acende-se, permitindo comparar característica a característica, para auxiliar ao processo de decisão de compra.

Os módulos mp3 e ringtone funcionam de forma semelhante ao wallpaper, sendo possível aos utilizadores escutarem as músicas e ringtones antes de fazerem download, com colunas de som direccionais colocadas para o efeito.

Telemoveis.com: Os projectos Edigma são arrojados e pioneiros em Portugal. A própria Casa da Música é um projecto arquitectónico invulgar. De onde surge esta "cultura" empresarial, vive de que influências, correntes, filosofias negociais? Provavelmente vai também falar-me de si próprio.

MO: Se uma empresa afirma que a inovação é mais do que o seu core-business, tal corresponde a uma forma de estar no mercado que tem que responder no terreno às expectativas que cria. O cunho inovador da Edigma, que tentamos incutir em cada um dos nossos projectos, acaba por ter como reflexo uma imagem no mercado de empresa inovadora. Essa imagem tem como consequência as empresas contactarem-nos quando pretendem implementar projectos disruptivos ou com maior liberdade criativa, o que por sua vez nos dá mais margem de manobra para ousar. No fundo criou-se aqui um ciclo positivo que é alimentado e fortalecido com os projectos inovadores que vamos criando e que no fundo é a base do nosso crescimento. Qualquer que seja o modelo de negócio, se não houver inovação não existe crescimento, e o crescimento é a base de sustentação das empresas nos dias de hoje. As empresas que não têm no crescimento um dos objectivos principais são empresas estagnadas, e as empresas que hoje estão estagnadas amanhã estão moribundas. O dinamismo da economia obriga à inovação, constante e profunda. Esta é a atitude da Edigma, e a razão para esta cultura empresarial.

Telemoveis.com: Existiram com certeza algumas dificuldades neste processo todo, desde a sua criação à implementação. Quer lembrar-se dessas adversidades e como fez para as superar?

MO: Ao longo do projecto deparamo-nos com diversos obstáculos, normais num projecto desta dimensão e complexidade. A chave para ultrapassar essas dificuldades técnicas e tecnológicas e concluir o projecto com sucesso foi o FutureLabs. O facto de a Edigma possuir uma equipa de investigação permitiu que muito do know-how já existente e que, por uma razão ou por outra, não se materializou em produtos standard disponibilizados ao mercado, fosse aproveitado para ultrapassar as dificuldades encontradas. Existem no núcleo de investigação da Edigma diversas tecnologias desenvolvidas que são muitas vezes aplicadas nestes projectos mais inovadores e exigentes.

Telemoveis.com: Na sua opinião, o mercado nacional está à altura destes projectos? Melhor dizendo, o mercado necessita deste tipo de projectos?

MO: Ao contrário do que é vulgarmente dito, Portugal é um país extremamente avançado em termos tecnológicos, na óptica do consumidor. Via Verde, cartões telemóvel pre-pagos ou a rede ATM são alguns exemplos de tecnologias altamente inovadoras onde Portugal foi pioneiro.

Esta característica confere também uma vantagem competitiva ao tecido empresarial nacional, que tem à sua disposição um mercado onde pode testar inovações tecnológicas que, funcionando, podem ser aplicadas noutros mercados.

Telemoveis.com: Estas propostas vêm revolucionar a percepção humana, pela mistura do real com o virtual; pela provocação de sensações e experiências viscerais com base no toque. Quer comentar?

MO: O consumidor actual é extremamente sofisticado. Uma marca, uma empresa ou um produto, para serem apelativos aos olhos do consumidor, têm que ser muito bem trabalhados. O consumidor actual é muito exigente, no bom sentido da palavra. O que a OPTIMUS CONCEPT STORE procura proporcionar aos seus visitantes é uma experiência imersiva na marca e nos seus valores. A localização na Casa da Música, um espaço eminentemente cultural, o fantástico espectáculo nocturno proporcionado pela montra interactiva, que está rapidamente a tornar-se um ponto icónico no roteiro turístico nocturno da cidade - tudo isto são características que não estão presentes em nenhum outro ponto de retalho. O que a Optimus fez foi disponibilizar algo mais aos seus clientes, proporcionar-lhes uma experiência diferente, uma mescla de visita a um espaço cultural mas simultâneamente a um espaço futurista, tecnológico, avançado. O consumidor vive uma experiência diferenciadora e enriquecedora, que vai ao encontro das expectativas de um consumidor sofisticado e exigente.

Telemoveis.com: Resta a pergunta clássica sobre os projectos futuros. Que outros projectos Edigma para 2009/2010?

MO: Existem já alguns projectos interessantes a serem trabalhados, a nível de experiências imersivas em locais públicos, em Portugal. A nível internacional já foi também manifestado interesse nesse sentido, existindo diversas parcerias em fase de análise. A nível de novas tecnologias e produtos, o FutureLabs continua a trabalhar nesse sentido e esperamos poder disponibilizar rapidamente ao mercado os protótipos que existem em fase final de desenvolvimento.
9,211