NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Empresa criadora do Angry Birds vê lucros descerem 73%

Empresa criadora do Angry Birds vê lucros descerem 73%

segunda-feira, 23 março, 2015 /
Empresa criadora do Angry Birds vê lucros descerem 73%

A bem sucedida Rovio, viu o seus lucros em merchandising descerem mais de 70%.


A empresa Rovio, para quem não conhece, é a organização responsável pela conhecida saga de jogos Angry Birds, um dos primeiros jogos a ganhar uma substancial popularidade em plataformas mobile

Ao longo dos anos, a Rovio gerou pequenas fortunas com o Angry Birds, tendo visto os seus lucros aumentarem de forma consistente até 2014, onde obtiveram um lucro na ordem dos 16%. 

Contudo, a situação pelos vistos não é bem assim. Pelo menos nas outras áreas de negócios onde a empresa está envolvida. 

Com o enorme sucesso que tem vindo a ter, a Rovio resolveu "esmifrar" o máximo que pôde do Angry Birds, tendo tentado entrar noutros mercados como é o caso dos brinquedos. Através da criação de pequenas figuras do aclamado jogo assim como outras peças de merchandising, a Rovio foi tentando semear o Angry Birds noutras indústrias, algo que definitivamente não tem vindo a correr bem.

A baixa nas vendas dos produtos relacionados com o jogo fizeram com que a Rovio sacrificasse cerca de 73% de toda a operação, obrigando a empresa a repensar a sua estratégia no que respeita aos negócios relacionados com licenciamentos o que, de acordo com Pekka Rantala, CEO da empresa, já está a tomar alguns contornos. 

«O filme vai-nos ajudar a recolocar o mercado de licenciamento outra vez em crescimento. Nós já estamos a presenciar alguns sinais positivos e, muito em breve, teremos oportunidade de publicar novas parcerias com grandes empresas».

Claramente que o CEO da Rovio deposita enormes esperanças no filme que está para vir. Veremos se irá de facto ajudar a empresa a voltar aos seus tempos áureos. 
3,797