NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Doze empresas portuguesas na CeBIT 2002

Doze empresas portuguesas na CeBIT 2002

segunda-feira, 19 novembro, 2001 /
Grande certame Europeu das NTI tem lugar em Março. É altura de marcar passagens. A principal montra europeia de empresas da área das tecnologias de informação e comunicação, a CeBIT, abre portas em 2002, em Março, com uma vitalidade que contraria o clima de estagnação que se instalou no sector.

"A feira é um espelho do mercado, e algumas empresas disseram- nos que não podiam estar presentes, ou com pavilhões tão grandes", admitiu o director do projecto CeBIT, Reinhold Umminger, acrescentando contudo que a feira alemã, em Hannover, voltará a não ter espaço suficiente para todas as que se manifestaram interessadas em comparecer.

Empresas portuguesas voltam a marcar presença no certame, fazem-no desde 1996, e em 2002 estarão em Hannover cerca de uma dúzia, a maior parte num pavilhão comum apoiado pelo Icep Portugal (Investimento, comércio e Turismo) e pela Associação Nacional de Empresas de Tecnologias de Informática e Electrónica (ANETIE).

Segundo uma fonte da ANETIE, Tiago Valente, a presença portuguesa na feira de 2002 terá uma dimensão da ordem dos 470 metros quadrados.

O secretário geral adjunto da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã, Berthold Grandy, vincou em defesa da promoção das relações económicas e comerciais bilaterais que "participar na CeBIT é mais uma forma de tentar entrar no mercado alemão".

O espaço disponível na CeBIT custa às empresas 175 euros (um pouco mais de 35 contos) por metro quadrado, segundo Umminger.

O conceito CeBIT surgiu em 1970. Catorze anos mais tarde decidiu-se subtrair a presença das empresas da área das tecnologias da informação e da comunicação ao universo da Feira de Hannover, e em 1986 a primeira CeBIT abriu as portas ao público.

O certame, que teve em 1970 um total de 638 expositores, deverá apresentar em 2002 mais de 8.300, cerca de mais 200 do que na edição de 2001.

A CeBIT, que começou por apresentar-se em 55.335 metros quadrados, vai instalar expositores na próxima edição ao longo de mais de 442 mil metros quadrados. Na edição de 2001 recebeu cerca de 850.000 visitantes.

Em termos de expositores inscritos para a edição de 2002, por nacionalidade, destacam-se 564 de Taiwan, 532 dos Estados Unidos e 114 da Suécia.

A organização da Feira notou que "o papel líder da CeBIT no âmbito das feiras internacionais do sector das Tecnologias da Informação e Comunicação é tradicionalmente sublinhado pela presença de oradores de alto gabarito", destacando que o da sessão de abertura da edição de 2002 será o presidente da Microsoft, Steve Ballmer.

3,682