NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Clones em 60 segundos

Clones em 60 segundos

quarta-feira, 15 maio, 2002 /
Clones em 60 segundos Cientistas ingleses descobriram uma forma de criar clones de telemóveis em apenas 60 segundos. A clonagem de um telemóvel permite a um terceiro indivíduo efectuar chamadas sem que estas lhe sejam cobradas, isto é, com a informação copiada de um telemóvel as contas vão sempre parar ao aparelho original. Basicamente, o que é clonado é a informação contida no cartão SIM, sendo o mais grave de tudo os códigos de acesso que permitem a um aparelho fazer chamadas agregadas a uma determinada conta, ou com um determinado saldo.

Porém, a equipa de cientistas que descobriu a forma de atacar os telemóveis e, em apenas 60 segundos, retirar toda a informação nele contida também descobriu o antídoto para que situações dessas não sucedam.

Até agora, uma operação desta natureza levava cerca de oito horas a finalizar. Uma equipa da IBM, do Instituto Federal de Tecnologia da Suiça, reduziu essa "tarefa" para meros 60 segundos! O problema é que os piratas que tentam descodificar a informação fazem-no por tentativas sucessivas de encontrar as combinações de números encriptados, o que demora o seu tempo a descobrir.

Os quatro investigadores envolvidos na descoberta, Josyula Rao, Pankaj Rohatgi, Helmut Scherzer da IBM e Stefan Tinguely do Instituto Suiço, vão estar presentes num simpósio sobre segurança e privacidade a realizar em Oakland, na Califórnia, esta semana. Nesta mesma conferência, o criptógrafo Ross Anderson, da Universidade de Cambridge, terá a missão de apresentar os detalhes do seu método de protecção contra ataques desta natureza.

Para já, a única forma de assegurar que isto não aconteça é não perder o telemóvel de vista... um único minuto!
6,607