NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Clientes Vodafone sentem-se enganados com o upgrade do HTC Desire

Clientes Vodafone sentem-se enganados com o upgrade do HTC Desire

quinta-feira, 05 agosto, 2010 /
Clientes Vodafone sentem-se enganados com o upgrade do HTC Desire Já até lhe chamam o upgrade/downgrade do sistema operativo dos seus telemóveis. Convidados a actualizar os seus Android, em vez da versão 2.2 receberam uma versão Vodafone 360 muuuuuuuuuito personalizada Partilhar

Enquanto esperavam a versão 2.2 do Android, chamada também de Froyo, os clientes da Vodafone com o HTC Desire viram-se confrontados, depois da instalação da actualização recomendada, com uma série de «coisas» que, segundo a Vodafone, «foram desenvolvidas para ajudar os clientes vodafone a mais rapidamente acederem os seus serviços»

Em vez de ser instalado o Android 2.2, até como foi amplamente anunciado, o novo sistema operativo mobile da Google melhora significativamente a performance dos equipamentos e suporta Flash, esta versão Vodafone instala uma nova splash page e altera a homepage dos utilizadores para uma nova, com a Vodafone 360 e adiciona uma nova série de bookmarks no equipamento. Mas o que mais enfureceu os utilizadores foi a adicção de uma loja de música Vodafone e diversas funcionalidades Vodafone 360 que não podem ser removidas.

A Vodafone afirma que «O software é personalizado para optimizar a utilização aos seus clientes em toda a rede e serviços Vodafone, ou seja, esta costumização é muito maior do que o carregamento dos programas referidos (People, MyWeb, 360 Shop, etc) mas varia de acordo com os equipamentos" afirma a empresa na resposta aos consumidores insatisfeitos.

O s operadores tendem a criar versões personalizadas de acordo com os equipamentos que disponibilizam já com algumas aplicações pré instaladas. Mas o facto de adicionarem estas aplicações nos equipamentos DEPOIS destes estarem vendidos, é outra questão. Alguns utilizadores do HTC Desire conseguiram reverter a actualização e estão a ensinar a outros utilizadores como o fazer.

Mas a Vodafone não foi a única a personalizar o Android 2.2, a Orange também fez algo semelhante, como alterar a home page no telefone e instalar algumas demos de jogos, mas estas aplicações foram mais facilmente apagadas dos telefone, por que não se interessou por elas.

Até parece que esta é uma tentativa desesperada da Vodafone para reanimar o seu serviço 360, que não tem adesão nenhuma por parte dos clientes e até se compreende até certo ponto, mas que instalem bookmarks nos telemóveis das pessoas para sites como o Flirtomatic e para o Match.com é algo que vai para além da normal compreensão das pessoas. A não ser, claro, que seja a razão sugerida por um dos utilizadores queixosos: "Será que a Vodafone pensa que os donos de HTC Desire são todos uma cambada de virgens que procuram desesperadamente uma cama?"


Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. - Telemoveis.com

*** Este texto NÃO foi escrito de acordo com o novo Acordo Ortográfico***

Telemoveis.com on Facebook
Siga-nos no Twitter!
4,383