NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Cigarros electrónicos. Outro meio de propagar malware?

Cigarros electrónicos. Outro meio de propagar malware?

quarta-feira, 26 novembro, 2014 /
Cigarros electrónicos. Outro meio de propagar malware?

Está a circular uma informação que indica que os cigarros electrónicos também podem servir de porta de entrada para malware espião

*Artigo publicado também no iOnline


Tudo começou com relatos no Reddit que davam conta de uma infecção de malware no computador de um “executivo de uma grande empresa” (não identificada) que terá apurado que a fonte da infecção foi proveniente de um cigarro electrónico adquirido no e-Bay, fabricado por uma empresa chinesa.

De acordo com as informações disponíveis, o aparelho continha malware codificado no carregador, que se propagou após ter sido conectado à porta USB de um computador. A Trend Micro, uma empresa especializada em segurança informática, considera as acusações por detrás destes relatos como sendo credíveis.

Pierluigi Paganini, director de segurança de informação da Bit4ID, avança ainda que os cigarros electrónicos podem ser o "mais recente vector para servir de propagação de software malicioso".


3,334