NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
CES 2015: StoreDot melhora design das baterias

CES 2015: StoreDot melhora design das baterias

sábado, 10 janeiro, 2015 /
CES 2015: StoreDot melhora design das baterias

A empresa StoreDot diminuiu consideravelmente o tamanho das suas baterias de carregamento ultra-rápido.


Normalmente as baterias dos smartphones quando em carregamento, demoram sempre algum tempo até chegarem à carga máxima. Se bem se lembram, os telemóveis mais antigos demoravam bastantes horas até ficarem totalmente carregados, ao passo que hoje em dia o tempo médio é de cerca de duas a três horas para os smartphones mais convencionais.

Pois bem, há uma empresa que insiste em revoltar-se contra este tempo.

A StoreDot é especialista na criação de produtos tecnológicos, fazendo uso dos seus extensivos conhecimentos em biologia e nanotecnologia para atingir os seus feitos.

Já anteriormente a StoreDot tinha apresentado uma bateria capaz de ser totalmente carregada em 30 segundos, mas havia um pequeno senão: tinha o tamanho de um autêntico tijolo.


Storedot battery

No decorrer da CES a empresa voltou a apresentar o mesmo conceito, mas desta vez com um design melhorado e mais compacto, de forma a que os espectadores possam acompanhar a evolução da tecnologia em causa com a esperança de que num futuro próximo, estas baterias venham de facto a caber na traseira de qualquer smartphone.


StoreDot Bateria CES 2015

A bateria apresentada ainda tem uma capacidade de 900 mAh, o que é bastante inferior à capacidade média da bateria de um smartphone corrente. No entanto, a empresa dispõe de baterias de 2000 mAh, mas têm o “entrave” de demorarem cerca de 3 minutos a carregar, em vez dos 30 segundo pretendidos.

Dados os avanços que a StoreDot tem vindo a demonstrar, não faltará muito tempo até podermos carregar as baterias dos nossos smartphones em meros 30 segundos e, a julgar pelas informações disponibilizadas até à data, estão seguramente no caminho certo para tal. 


3,038