NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
CeBIT recebe nove empresas nacionais

CeBIT recebe nove empresas nacionais

quarta-feira, 01 março, 2006 /
CeBIT recebe nove empresas nacionais Os últimos preparativos para a CeBIT 2006, a maior feira no mundo das tecnologias de informação e telecomunicações, já estão em curso. A próxima edição do certame, marcado para 9 a 15 de Março de 2006, espera 6.300 expositores oriundos de 70 países, incluindo Portugal que aumenta a sua presença. Portugal vai estar representado através de nove empresas, com uma área de exposição total de aproximadamente 250 metros quadrados. São elas a Aveidigital, Enena/Ekon Distribution, Grupo AG, Info Portugal, Iportal Mais, Josscom, mactek, MNI - Médicos na Internet e NewVision.

Portugal volta assim a ter uma representação mais acentuada depois da fraca presença nacional na CeBIT nos últimos anos, particularmente notada a partir de 2003, quando deixou de haver o Pavilhão de Portugal, apoiado pelo ICEP, no certame.

De acordo com a organização do evento de Hannover, a CeBIT afirma-se cada vez mais como a feira líder mundial e não só no que diz respeito à apresentação de produtos. A edição de 2006 conta com 30 eventos especiais e 800 conferências, que colocam a CeBIT na liderança também na transferência de conhecimentos e networking, com cerca de 128.000 visitantes estrangeiros esperados.

Em 2006, regista-se novamente uma maior presença das empresas asiáticas, com 1.700 expositores da região Ásia/Pacífico, especialmente da China, Hong Kong e Coreia do Sul.

Outra região do Mundo que marca cada vez mais presença na CeBIT é a Europa Central e de Leste que, com 200 expositores, mantém o nível de participação do ano anterior, apesar de uma redução nos apoios estatais para a presença em feiras.

Sob o lema «Digital Solutions for Work & Life», a CeBIT 2006 pretende ser a montra do mundo digital, englobando tanto as aplicações comerciais como a electrónica de lazer: softwares novos no sector comercial, soluções para edifícios inteligentes, downloads de música ou telefonia via Internet (VoIP) são apenas alguns dos exemplos da variedade.

Por outro lado, a CeBIT é igualmente ponto de encontro privilegiado para nomes que são referência no panorama da tecnologia digital e das telecomunicações. Os visitantes da edição de 2006 vão ter oportunidade para assistir a conferências e apresentações de personalidades como Anand Chandrasekher, vice-presidente da Intel, ou Guerrino De Luca, presidente do Conselho de Administração da Logitech.

O discurso de abertura do evento está a cargo de Arun Sarin, presidente da Vodafone, e são também esperados Shai Agassi, da SAP, Gianfranco Lanci, presidente da Acer, Colin MacLean Boyd, da Sony Ericsson, e Viviane Reding, Comissária Europeia para a Sociedade de Informação e Comunicação Social.
9,289