NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Cabo submarino dá banda larga a África

Cabo submarino dá banda larga a África

segunda-feira, 27 julho, 2009 /
Cabo submarino dá banda larga a África Um cabo submarino de 13700 quilómetros em fibra óptica, atravessa o Índico, para fornecer acesso à Internet de alta velocidade ao continente Africano. "Hoje é um dia histórico para a África e marca o alvorecer de uma nova era para as comunicações entre o continente e o resto do mundo", afirmou Brian Herlihy, CEO da AAE Cable System.

O cabo estabelece ligação entre Joanesburgo, Nairobi e Kampala com as estações costeiras já estabelecidas, estando ainda em fase de término as ligações para Kigali e Adis Abeba.

Espera-se que, com este cabo submarino, se possa reduzir o custo de acesso à banda larga e nas ligações internacionais, de forma a criar um impulso nas relações entre a costa leste de àfrica, a Índia e a Europa.

"Os nossos esforços têm sido incansáveis dos últimos 24 meses e agora vêmos o fruto desse empenho, e estamos orgulhosos de ser a primeira operadora a fornecer a preços acessíveis acesso à Internet de alta qualidade e capacidade de banda larga e assim trazer melhores experiências para as economias do leste Africano", disse Herlihy.

Falta de alta velocidade em banda larga Africano em muitos países pobres, mas caro resultados no acesso à Internet, limitando a conectividade entre o continente eo mundo.
2,921