NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Bosch e Daimler simplificam a procura de lugares de estacionamento

Bosch e Daimler simplificam a procura de lugares de estacionamento

quinta, 22 setembro, 2016 /
Bosch e Daimler simplificam a procura de lugares de estacionamento

Bosch e Daimler lançam projeto piloto para facilitar a procura de estacionamento.

 

*Está a ler um comunicado de imprensa

A procura diária por um lugar de estacionamento é, muitas vezes, motivo de stress e frustração, especialmente, se demorar mais tempo do que a viagem. E, no entanto, os carros estão constantemente a passar por lugares vazios sem estacionarem. Não seria fantástico que estes carros informassem outros condutores do tamanho dos lugares disponíveis e onde é que eles se encontram?

É exatamente nisto que a Mercedes-Benz e a Bosch estão a trabalhar. Juntos, estão a testar o estacionamento comunitário – um serviço novo e inteligente que torna a procura de lugar mais rápida e fácil. Foi lançado um projeto piloto na área de Estugarda com diversos veículos de teste da Mercedes-Benz. Estes veículos estão equipados com um interface de comunicação para onde enviam e recebem as informações e, a bordo, têm sensores que permitem a recolha de informação sobre os lugares disponíveis.

 

“Quase todos os nossos carros Mercedes-Benz estão equipados com um sistema inteligente. Quando estão também equipados com os sensores corretos, geram informação “de passagem”, por assim dizer. Vemos a utilização desses dados como o próximo passo lógico para a rápida identificação de lugares de estacionamento disponíveis,” afirma Sajjad Khan, responsável pela área de Mobilidade e Véiculos Digitais da Mercedes-Benz.

“Com este estacionamento comunitário, encontrar um lugar torna-se um esforço partilhado. Isto permite-nos diminuir consideravelmente o tempo na procura de um lugar de estacionamento e guiar os condutores até junto do lugar disponível”, afirma Dr. Rolf Nicodemus, responsável pelo projeto de estacionamento conectado na Bosch.

 

Utilização de sensors existentes para uma nova aplicação

 

Os sensors ultrassónicos já integrados nos veículos podem, de uma forma contínua, monitorizar as estradas a uma velocidade de 55km por hora. Quando localizam um lugar de estacionamento livre, a informação recolhida é enviada da Daimler Vehicle Backend através de uma ligação segura para a Bosch IoT Cloud para ser analisada. São depois aplicados métodos que permitem verificar se os espaços indicados são de facto lugares de estacionamento.

Se, por exemplo, os veículos reportam continuamente um lugar vazio numa estrada particularmente movimentada, é altamente provável que se trate de uma autoestada e como tal não pode ser usado para estacionar.

 

Na primeira fase deste serviço desenvolvido pela Mercedes-Benz e pela Bosch, o sistema calcula a probabilidade de encontrar um lugar disponível numa determinada rua. Numa fase seguinte, assim que o estacionamento comunitário estiver mais estabelecido, será possível informar sobre os lugares disponíveis e as suas dimensões em tempo real.

Em conjunto com informação adicional sobre  lugares num determinado espaço, como por exemplo em parques de estacionamento públicos, esta informação pode depois ser mostrada num mapa de estacionamento digital no display do automóvel ou através da aplicação “Mercedes me”. Depois, tudo o que os condutores terão de fazer é selecionar o destino no sistema de navegação e serão direcionados diretamente para o estacionamento disponível.

 

Estacionamento sem stress minimiza a frustração do condutor

 

A capacidade de encontrar um estacionamento apropriado rapidamente não poupa apenas tempo e combustível aos condutores, mas também os nervos e o ambiente. Em combinação com sistemas de apoio ao estacionamento, tais como o Remote Park Pilot, que está disponível nos Mercedes class E, o estacionamento comunitário diminui, claramente, o stress no momento de arranjar um lugar.

 

1,701

Colaborações

MindShaker

O que saber sobre desbloquear o telemóvel?

Por MindShaker | 17 julho 2018

THERENT.ZONE

HTC Vive vs Oculus Rift: qual o melhor equipamento de realidade virtual?

Por THERENT.ZONE | 21 março 2018

eMenuk

Sistema de Menu Digital Para Restaurantes

Por eMenuk | 15 março 2017

Surf Map Portugal

Tecnologia no Surf

Por Surf Map Portugal | 07 março 2017

Colunistas

Lauro Lopes

Como fazer captura de ecrã no Android?

Por Lauro Lopes | 08 agosto 2018

close