NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Bistro. Reconhecimento facial ao serviço do seu gato

Bistro. Reconhecimento facial ao serviço do seu gato

sexta-feira, 02 janeiro, 2015 /
Bistro. Reconhecimento facial ao serviço do seu gato

A empresa responsável pela tecnologia espera aplicá-la também a outros animais de estimação

 

 


O leitor tem gatos como animais de estimação? Se sim, então de certeza que uma das suas maiores preocupações é a de os ter devidamente alimentados, especialmente quando tem que se ausentar por períodos mais prolongados.

Felizmente para si, esta questão está a caminho de se tornar menos problemática. Graças a uma start-up de San Mateo, na Califórnia, as tecnologias de reconhecimento facial foram finalmente colocadas ao serviço dos animais de estimação.

Neste caso em particular a Bistro é direccionada para quem tem gatos. Essencialmente consiste numa máquina inteligente capaz de alimentar os animais e monitorizar o seu apetite, bem como controlar as suas mudanças de peso com recurso a tecnologias avançadas de reconhecimento facial felino.


Para fazer isto a Bistro tem uma câmara embutida que monitoriza o gato à medida que este come e bebe. Também para deleite dos fãs das redes sociais, a Bistro é capaz de transmitir um feed de vídeos (ao vivo) e de medir/criar gráficos relativos à quantidade de comida/água que o animal consumir.

A saúde do seu felino também não ficou esquecida, e a Bistro é capaz de aceder e produzir relatórios eficientes sobre o seu estado.

Vamos supor que o leitor acha que o seu gato está demasiado gordo. Pode, nesse caso, programar a Bistro para disponibilizar apenas uma determinada quantidade de comida.

Se quiser levar o conceito de 'Social' ainda mais além, pode sempre aceder à aplicação complementar desta tecnologia e criar um perfil para o seu gato na rede social da Bistro, além de partilhar actualizações, fotografias e vídeos das suas actividades.

De facto, atrevo-me a dizer que o quotidiano desta rede social não é muito diferente da actualidade dos humanos.


2,895