NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Audi, Mercedes e BMW pretendem adquirir mapas da Nokia

Audi, Mercedes e BMW pretendem adquirir mapas da Nokia

quinta-feira, 07 maio, 2015 /
Audi, Mercedes e BMW pretendem adquirir mapas da Nokia

As gigantes alemãs do mercado automóvel querem avançar com projectos de carros sem condutor. E para tal, querem o serviço de mapas da Nokia.


Carros sem condutor. Já imaginaram a autêntica revolução que isso iria trazer ao mercado automobilístico? As possibilidades são virtualmente infindáveis, dadas as consequências que isso iria trazer relativamente à experiência de condução, que iria seguramente mudar de forma radical.

Apesar de se falar nesta ideia como uma possibilidade, empresas como a Audi, BMW e Mercedes, alegadamente já passaram essa fase. Carros sem condutor já constituem um projecto palpável e possivelmente exequível, talvez mais cedo do que pensamos.

Para um projecto com esta dimensão poder avançar, é apenas lógico que um bom serviço de mapas seja necessariamente integrado. Assim, três das principais marcas do sector automóvel estão a colocar a sua habitual animosidade de lado, de forma a adquirirem uma quota maioritária dos serviços de mapas da Nokia, os mapas Nokia Here.

A oferta ao que tudo indica será oficializada em parceria com a empresa de tecnologia chinesa Baidu, que numa entrevista concedida ao The Wall Street Journal, avalia o custo da operação em “ consideravelmente mais de dois mil milhões de euros”.

A secção de mapas da empresa que pretende regressar ao mercado dos smartphones em breve, também interessa a outros gigantes das tencnologias como a Google, o Facebook e a Apple que, ao que tudo indica, irão constituir rivais de peso às conhecidas marcas de automóveis de luxo na possível aquisição do seu serviço de mapas. 


 

2,849