NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
ARRIVAL: nova ferramenta de programação da circulação ferroviária reduz os tempos de espera e os atrasos

ARRIVAL: nova ferramenta de programação da circulação ferroviária reduz os tempos de espera e os atrasos

sexta, 16 julho, 2010 /
Investigação no domínio das tecnologias da informação e das comunicações (TIC): nova ferramenta de programação da circulação ferroviária reduz os tempos de espera e os atrasos Partilhar

Graças a um projecto de investigação que recebeu da UE um financiamento de 2,6 milhões de euros, os europeus encontrarão menos problemas ao viajarem de comboio este Verão. O projecto ARRIVAL (Algorithms for Robust and online Railway optimization: Improving the Validity and reliAbility of Large scale systems) desenvolveu um software avançado que programa de modo mais eficiente a circulação dos comboios e resolve mais eficazmente e em tempo real os casos de perturbações imprevistas, mantendo o mesmo nível de segurança. Os resultados desta investigação estão já a ser aplicados por operadores ferroviários de toda a Europa, para garantirem uma utilização mais eficiente das redes ferroviárias, em termos quer de horários quer de resposta a perturbações imprevistas. Os algoritmos desenvolvidos têm aplicações potenciais noutros domínios, como os sistemas de navegação para o tráfego rodoviário, os sistemas de gestão dos fluxos de trabalho nas empresas, o comércio electrónico, as redes peer to peer, as redes de computação GRID e os cuidados de saúde.

Nas palavras de Neelie Kroes, Vice-Presidente da Comissão Europeia responsável pela Agenda Digital: «Esta investigação europeia do mais alto nível permite que mais passageiros, mais carga e mercadorias em mais comboios utilizem de forma segura a mesma infra-estrutura, aumentando ao mesmo tempo a pontualidade, a satisfação dos passageiros e o lucro do operador. Todos ficam, portanto, a ganhar.»

O fundamental para diminuir os atrasos nas viagens de comboio consiste em optimizar o planeamento e evitar os efeitos de dominó que a perturbação do tráfego pode provocar. Deve um comboio de ligação esperar ou partir a horas? Normalmente, a ordem pela qual os comboios utilizam as vias está fixada. Como devem as plataformas ser reatribuídas em caso de atraso? Estas decisões implicam uma logística complicada e pouco tempo para actualizar os horários e reduzir ao mínimo os inconvenientes para os passageiros.

Tradicionalmente, as perturbações têm sido resolvidas pelos operadores ferroviários com muito pouca ajuda dos computadores (normalmente apenas com a ajuda de software gráfico que permite visualizar o que se passa). Os novos métodos podem determinar os horários mais convenientes dos comboios e o que deverá acontecer quando se atrasam.

O êxito do ARRIVAL deve-se ao desenvolvimento de novos algoritmos que podem ser utilizados para organizar de modo mais eficiente a gestão da infra-estrutura ferroviária: desde a programação da circulação, a atribuição de plataformas, a distribuição do pessoal e o carregamento de mercadorias até à resolução de perturbações como o reencaminhamento dos comboios ou a reprogramação da circulação em tempo real.

O projecto ARRIVAL envolveu novos conceios e métodos de investigação algorítmica que fizeram evoluir consideravelmente a teoria necessária para resolver eficazmente grandes e complexos problemas de optimização - como os das redes ferroviárias. O projecto já foi implementado com sucesso nos Países Baixos, na Alemanha e na Suíça. Por exemplo, os algoritmos ARRIVAL foram utilizados para elaborar os novos horários do sistema ferroviário nacional dos Países Baixos, que gere 5500 comboios por dia, sendo hoje uma das redes ferroviárias mais eficientes da Europa. Em Berlim, o tempo de espera entre comboios na rede de metro (U-Bahn) baixou de 4 para 2 minutos graças à aplicação dos algoritmos ARRIVAL. Os caminhos-de-ferro suíços implementaram um sistema optimizado de planeamento de horários, baseado nos algoritmos ARRIVAL, para os comboios suplementares que circulam nos corredores de alto risco em que operam comboios de carga e de passageiros.

Outros operadores ferroviários de toda a Europa estão interessados em aplicar esta tecnologia. As experiências levadas a cabo nas estações ferroviárias de Palermo e Génova tiveram como resultado uma redução de 25% dos atrasos. Ao melhorar a eficiência do transporte ferroviário, esta nova tecnologia de algoritmos traz benefícios para todos os europeus que viajam de comboio. Em média, cada europeu viaja cerca de 800 km por ano de comboio.


Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. - Telemoveis.com

*** Este texto NÃO foi escrito de acordo com o novo Acordo Ortográfico***

Telemoveis.com on Facebook
Siga-nos no Twitter!
2,878

Autores

Telemoveis.com

Phone House anuncia novas campanhas de lançamento

Por Telemoveis.com | 21 fevereiro 2019

Colaborações

MindShaker

O que saber sobre desbloquear o telemóvel?

Por MindShaker | 17 julho 2018

THERENT.ZONE

HTC Vive vs Oculus Rift: qual o melhor equipamento de realidade virtual?

Por THERENT.ZONE | 21 março 2018

eMenuk

Sistema de Menu Digital Para Restaurantes

Por eMenuk | 15 março 2017

Surf Map Portugal

Tecnologia no Surf

Por Surf Map Portugal | 07 março 2017

Colunistas

Lauro Lopes

Google Pixel 3 XL análise

Por Lauro Lopes | 06 fevereiro 2019