NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Apple Music. Serviço oficialmente introduzido

Apple Music. Serviço oficialmente introduzido

quarta-feira, 01 julho, 2015 /
Apple Music. Serviço oficialmente introduzido
Saiba todas as vantagens e novidades que o novo serviço de música da Apple traz.

Em conjunto com várias novidades, a Apple apresentou também a Apple Music na passada WWDC (WorldWide Developers Conference), o seu novo serviço de streaming de música que vem concorrer com gigantes como a Tidal, Spotify ou Pandora

Como afirmado anteriormente, a Apple apresentou o seu novo serviço de forma oficial no passado dia 29 de Julho, em que disponibilizou ao público todas as vertentes, preços e características do “Apple Music”. Eis as suas principais características.


Interesses do utilizador

O “Apple Music” irá detectar toda a biblioteca de música presente nos equipamentos, integrando-a com o seu serviço de forma a que, posteriormente, todas as sugestões de faixas sejam feitas de acordo com os interesses e gostos de cada um.


Modo Offline

O serviço irá disponibilizar um modo offline onde o utilizador poderá escutar todas as suas faixas dos seus artistas favoritos sem a obrigatoriedade de estar ligado à internet, ficando todas as músicas guardadas directamente no armazenamento interno do dispositivo.

Integração com a Siri

Assim, a assistente virtual “Siri” também irá auxiliar os consumidores na utilização do serviço demúsica. Infelizmente não existe disponibilidade para proferir comandos em português contudo, se souber falar inglês minimamente, poderá fazer pedidos à assistente virtual da Apple para, por exmeplo, reproduzir determinada faixa ou adicionar uma música a uma das suas listas de reprodução.


Estas são as três principais características do serviço de streaming, que também inclui outras duas plataformas paralelas que irão funcionar sinergicamente: a plataforma “Connect”, uma utilidade em formato de blog/rede social que pretende aproximar os artistas dos seus fãs e, em segundo lugar, a divulgação e reprodução da rádio mundial “Beats1”, cujas emissões terão uma impressionante duração de 24 horas por dia.

Por fim, os preços e a disponibilidade. De forma a aceder a todas as funcionalidades acima descritas, o utilizador terá de desembolsar 6.99€ mensais, um preço que se espera justo tendo em conta a qualiade expectável do serviço. Quanto à disponibilidade, o serviço vem incluído no update para iOS 8.4 e será distribuído em mais de 100 países, nos quais Portugal se encontra incluído.


 

2,430