NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Apple. Mac OS X Yosemite com sérias vulnerabilidades

Apple. Mac OS X Yosemite com sérias vulnerabilidades

terça-feira, 28 abril, 2015 /
Apple. Mac OS X Yosemite com sérias vulnerabilidades

Especialista em segurança mostra como contornar a segurança do sistema operativo da Apple.


Para além do popular iPhone e do seu já conhecido smartwatch, a Apple é conhecida pelos seus Mac’s cuja rivalidade com os PC’s assume proporções bíblicas. Sabe-se também que os Mac’s têm uma vantagem sob os PC’s, pois são considerados bastante mais seguros… mas será que é totalmente verdade?

Parece que não. Durante o evento RSA – conferência sobre criptografia – que decorreu no passado dia 23 de Abril em São Francisco nos Estados Unidos, um especialista de seu nome Partick Wardle (director de pesquisa da Synack, uma empresa de soluções de segurança) demonstrou algumas formas de tornear a segurança imposta no sistema OS X Yosemite da Apple.

Os meios utilizados por Patrick Wardle centraram-se no software XProtect, que tem como objectivo detectar programas malignos dentro de uma lista de arquivos de softwares conhecidos. Ao executar uma tarefa tão simples como mudar o nome do arquivo, Patrick fez com que o software de segurança não mais detectasse programas potencialmente maliciosos, expondo assim uma grave fraqueza do sistema.

Contudo, a demonstração de falhas por parte do sistema da Apple não se ficou por aqui. Outro software de segurança instalado no sistema operativo da empresa da maçã também foi alvo de escrutínio por parte de Patrick.

Desta feita o programa chama-se Gatekeeper, e tem a função de limitar os programas executados no sistema, permitindo apenas a execução de aplicativos que sejam provenientes da loja oficial da Apple. Segundo Patrick, o Gatekeeper pode ser contornado pois apenas realiza a sua verificação no momento em que o potencial software malicioso é executado.

Espera-se que a Apple venha a corrigir estas falhas o mais brevemente possível, já que um dos seus pilares a favor dos restantes sistemas baseia-se precisamente na sua segurança. 


 

3,310