NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Apple. Empresa investe em realidade aumentada

Apple. Empresa investe em realidade aumentada

sexta-feira, 29 maio, 2015 /
Apple. Empresa investe em realidade aumentada

A Apple adquiriu recentemente uma empresa dedicada à tecnologia de realidade aumentada.


As empresas sectorizadas na área das tecnologias são aos milhares. Contudo, as grandes companhias que realmente se podem considerar como tal, contam-se pelos dedos das mãos. Google, Apple e Microsoft são possivelmente três das empresas que mais dão que falar, sendo que de forma a conseguirem manter o seu lugar no pódio, as palavras “inovação” e “investimento” estão obrigatoriamente na ordem do dia de cada uma.

Tem-se falado nos últimos tempos numa possível criação de tarifários de internet por parte da Google, demonstrando assim uma clara intenção por parte da gigante norte-americana em expandir o seu mercado. No entanto empresas como a Apple estão atentas aos novos investimentos das suas rivais e, como tal, também procuram salvaguardar o seu futuro através do investimento em serviços, produtos e plataformas cujo mercado ainda se encontra por explorar.

Um desses mercados é a realidade aumentada que, apesar de algo falada, ainda não se encontra massificada. E ao que tudo indica a Apple pretende explorar essa indústria, intenção demonstrada através da compra da “Metaio”, uma empresa europeia dedicada a esta tecnologia com vários clientes de renome na sua carteira, caso da gigante automóvel alemã BMW por exemplo, cuja parceria resultou na criação e produção de uns óculos direccionados para o auxílio na condução para a marca MINI, subsidiária da BMW.

Quanto aos planos futuros da Apple a respeito da compra da Metaio, ainda nada se sabe. É possível que a empresa esteja a planejar o desenvolvimento de um produto cuja interface assente primariamente na realidade aumentada. Quem sabe, uns óculos “iGlass” direccionados para o seu possível investimento no mercado autmóvel, ou o desenvolvimento de uma aplicação a ser instalada na próxima geração do icónico iPhone. 


óculos desenvolvidos para a MINI

Glass1

2,646