NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Anonymous atacam site de MIT após morte de Aaron Swartz

Anonymous atacam site de MIT após morte de Aaron Swartz

terça-feira, 15 janeiro, 2013 /
Anonymous atacam site de MIT após morte de Aaron Swartz

Anonymous hackearam website de MIT após a morte de Aaron Swarts, activista da Internet e co-fundador do Reddit que se suicidou na semana passada em caso que envolve MIT.

O popular grupo de hackers Anonymous invadiu o website do MIT após ter sido divulgada uma notícia que relata o suicídio de Aaron Swartz, jovem activista da Internet e co-fundador do Reddit, entre outros projectos populares que também contaram com a sua colaboração.

O ataque ocorreu algumas horas após o presidente do MIT ter anunciado que a instituição iria dar início a uma investigação em relação aos eventos que conduziram à perseguição de Swartz, que foi preso em Julho de 2011 e acusado de roubar 4 milhões de documentos do MIT - os quais consistiam apenas em artigos científicos e trabalhos académicos -, numa acusação que poderia valer-lhe 50 anos de prisão e 4 milhões de dólares de multa.

Anonymous atacam website de MIT após morte de Aaron Swartz

Para os Anonymous, a perseguição governamental de que Swartz foi alvo, quer tenha contribuído para o seu suicídio ou não, foi uma forma de justiça grotesca, uma sombra perversa e distorcida da justiça pela qual Aaron morreu a tentar lutar - disponibilizando literatura científica financiada publicamente, libertando-a de um sistema de publicação que a tornava inacessível à maioria dos que pagavam por ela.

Os hackers apelam igualmente a uma reforma nas leis criminais, da protecção dos direitos de autor e da propriedade intelectual, além de uma renovação do compromisso para uma Internet livre e inadulterada.

4,327