NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
TMN à frente das «dez mais» de 1997

TMN à frente das «dez mais» de 1997

segunda-feira, 14 dezembro, 1998 /
TMN à frente das «dez mais» de 1997 As dez melhores empresas de 1997 foram na quinta-feira galardoadas com os Troféus DN, símbolo do «público reconhecimento da solidez dos seus projectos empresariais e da qualidade da sua gestão»(...) (...) As dez melhores empresas de 1997 foram na quinta-feira galardoadas com os Troféus DN, símbolo do «público reconhecimento da solidez dos seus projectos empresariais e da qualidade da sua gestão», conforme o definiu na ocasião o presidente do conselho de administração do jornal, Luciano Patrão. Coube à TMN o lugar de melhor entre as melhores, seguida da Recheio, Telecel, Alves Ribeiro, Esso Portuguesa, Endutex, Ferpinta, António Almeida & Filhos, Betão Liz e Betecna. Dez empresas, na maioria privadas e de capitais maioritariamente portugueses, a abranger um vasto leque de sectores de actividade, das telecomunicações à produção de betão, passando pela distribuição, indústria petrolífera, construção civil, couros, alfaias agrícolas e têxteis. Com toda a certeza uma prova de um «dinamismo e perseverança» empresariais em todas as frentes, como fez notar o secretário de Estado adjunto do Ministro da Economia, Vítor Ramalho, que aproveitou estes "exemplos" para reiterar a sua "esperança muito forte no futuro" do País. (...) Por Eduarda Frommhold
4,197