NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Telemóvel salva casamento

Telemóvel salva casamento

segunda-feira, 21 outubro, 2002 /
O organista atrasou-se e a cerimónia parecia estar comprometida, mas o «toque» da marcha nupcial impediu mais embaraços. Eis senão quando alguém entre os convidados se lembra que tem o toque da marcha nupcial no seu telemóvel (não sabemos se simples se polifónico) e se dirige ao padre e pergunta-lhe se o mesmo poderá servir para a entrada da noiva. O convidado em questão chama-se Medd, e é amigo de infância do noivo Ian Davies. Como já devem ter percebido estes curiosos factos ocorreram no Reino Unido. Resumindo, o padre concordou e Medd pegou no seu telefone e ao som da sua marcha nupcial, a noiva entrou na igreja e o casamento pôde assim prosseguir dentro da normalidade, com os convidados a soltarem uma gargalhada geral com o caricato da situação e o «engenho» do amigo do noivo.
3,771