NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Sonaecom quer baixar preço da OPA

Sonaecom quer baixar preço da OPA

terça-feira, 10 outubro, 2006 /
Pedido à CMVM valor de 9,41 euros por acção. O requerimento da empresa liderada por Paulo Azevedo diz ter em conta « que a decisão de lançamento de OPA pela Sonaecom se baseou no pressuposto de que não seriam aprovadas deliberações 'no sentido de distribuir bens ou reservas da Sociedade Visada, sem prejuízo apenas da distribuição de 0,385 euros por acção, a título de dividendos relativos ao exercício de 2005' e na sequência da aprovação pela Assembleia Geral da PT, em 21 de Abril de 2006, de um dividendo de 0,475 euros por acção».

Assim, a Sonaecom solicita à CMVM que confirme se a empresa «está obrigada a lançar a oferta com a contrapartida de apenas 9,41 euros por acção e não a contrapartida de 9,50 euros prevista no anúncio preliminar».

Caso a autoridade do mercado assim não o entenda, avança a Sonaecom com o pedido de que seja autorizada «caso assim venha a ser deliberado pelo seu órgão de administração, a lançar a oferta oferecendo uma contrapartida de 9,41 euros por acção e não 9,50 euros».

O requerimento tem ainda de ser analisado pela CMVM.
2,378