NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
SMS radical demais

SMS radical demais

sexta-feira, 12 abril, 2002 /
Mais velhos usam menos. Enviar uma mensagem escrita por telemóvel só pode ser considerada uma actividade radical. Na verdade, a culpa destes resultados não está propriamente nos exageros juvenis no envio de SMS, mas sim na (des)atenção que os mais velhos dão ao telefone celular. Metade dos 80% que nunca enviou uma mensagem escrita liga o telemóvel apenas uma vez por semana e é para fazer chamadas esporádicas.

Mas a não aderência à moda do momento pode ter mais a ver com a falta de conhecimentos em manusear o aparelho. É que 67% dos inquiridos que nunca enviaram uma SMS gostariam de fazê-lo, pelo facto de poder ser economicamente mais barato dizer o que se pretende através de uma mensagem escrita.

O envio de SMS está a revelar-se o meio de comunicação mais eficaz entre as camadas mais jovens no Reino Unido. E bem que se pode extrapolar esta leitura a todo o mundo, uma vez que esta prática tem-se revelado de enorme sucesso comercial para os operadores de comunicações móveis. Aliás, especialistas britânicos consideram que as SMS`s podem, muito bem, ser um ponto de convergência entre gerações, precisamente por ser considerado um importante meio de comunicação.
2,907