NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Resultados Líquidos da TMN crescem 80% chegando aos 20 milhões e 224 mil contos

Resultados Líquidos da TMN crescem 80% chegando aos 20 milhões e 224 mil contos

terça-feira, 26 janeiro, 1999 /
Número de clientes atinge 1 milhão e 425 mil no final de 1998. - Número de clientes atinge 1 milhão e 425 mil no final de 1998 - Proveitos Operacionais crescem 41% e ultrapassam os 111 milhões de contos - Resultados Antes de Impostos crescem 111% atingindo 31,3 milhões de contos - Investimentos atingem o valor de 37,6 milhões de contos A TMN, uma empresa PT, registou em 1998 Resultados Líquidos de 20 milhões e 224 mil contos (20,224 milhões de contos). Este resultado representa um crescimento de 80% face a 1997. Os Proveitos Operacionais ultrapassam os 111 milhões de contos, o que representa um crescimento de 41% face a 1997, e os Resultados Antes de Impostos crescem 111% atingindo cerca de 31,3 milhões de contos. Em 31 de Dezembro de 1998, o número de clientes da TMN era de 1 425 676, um crescimento superior a 87% durante o ano. Segundo Iriarte Esteves, Presidente da Comissão Executiva "Estes resultados são a consequência da estratégia de liderança seguida pela TMN. Ao longo do ano de 1998 a posição da empresa foi reforçada em todos os aspectos do negócio das Telecomunicações Móveis, nomeadamente no que se refere à diversidade, à qualidade e aos preços dos nossos Produtos e Serviços. A redução média de preços dos serviços prestados pela TMN foi de 26%. Como resultado deste posicionamento extremamente agressivo, o nosso número de clientes cresceu 664 mil em 1998. Este crescimento foi 55% superior ao verificado em 1997, ano em que tínhamos angariado 429 mil clientes. Ainda como resultado da nossa estratégia de preços e, também, devido ao incremento da nossa penetração em segmentos de mercado com menor consumo, a receita média mensal de serviços por cliente (ARPU) decresceu 29,8%, situando-se nos 7.310 escudos. No entanto, devido a uma eficiente gestão dos nossos recursos e à sofisticação dos nossos processos e tecnologias, o "cash cost" médio mensal por cliente (CCPU) decresceu 39,6% em relação a 1997, tendo sido de 3.985 escudos em 1998. Como resultado, e apesar de termos transferido para os nossos clientes uma parte muito significativa deste aumento de produtividade, através de sucessivas reduções de preços, os nossos resultados económicos cresceram mais de 100%" O Cash Flow Operacional (EBITDA) da TMN foi de 40 milhões de contos, cerca de 90% superior ao de 1997. Este Cash Flow Operacional representa 36% dos Proveitos Operacionais da empresa, (EBITDA mg = 36%) quando em 1997 tinha sido apenas 27%, o que revela a extraordinária evolução da performance da empresa. A TMN realizou em 1998 um ambicioso plano de investimentos no sentido de melhorar significativamente a qualidade do serviço oferecido aos seus clientes, não só ampliando a rede mas também incorporando as mais avançadas tecnologias disponíveis. Assim, foram instaladas 637 novas estações base (antenas), entre as quais 76 de tecnologia DCS 1800 em várias zonas urbanas do país, dispondo a TMN no final de 1998 de um total de 1344 estações digitais. Instalámos, também, 8 novas estações telefónicas (comutadores). O investimento total realizado pela empresa foi de 37,634 milhões de contos, mais do dobro face aos 16,5 milhões investidos no ano anterior. Este enorme reforço de investimento demonstra a aposta da TMN na expansão da rede e na melhoria da qualidade e da cobertura dos nossos serviços. Iriarte Esteves acrescenta que " As perspectivas para 1999 são excelentes. Apesar da concorrência acrescida pela entrada no mercado de um terceiro operador, o posicionamento assumido pela TMN garante que a empresa continuará a desempenhar um papel de liderança. Em todos os aspectos da sua actividade a TMN continuará a estabelecer os "standards" do mercado, quer em diversidade e qualidade da oferta, quer nos preços da prestação de serviços e venda de produtos, quer ainda através da eficácia da rede de distribuição de que a empresa dispõe. A nossa determinação é de dispormos da melhor infra-estrutura e dos melhores colaboradores para oferecermos a melhor qualidade de serviço do mercado."
2,654