NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Resultados do terceiro trimestre de 1998 da TMN

Resultados do terceiro trimestre de 1998 da TMN

segunda-feira, 26 outubro, 1998 /
Até ao final do terceiro trimestre de 1998 - TMN com resultados líquidos de 14,4 Até ao final do terceiro trimestre de 1998 - TMN com resultados líquidos de 14,4 milhões de contos · Resultados líquidos aumentam 73% face ao período homólogo · Resultados antes de impostos crescem 94,5% · Proveitos totais atingem os 77,8 milhões de contos · Clientes crescem 107% num ano · Investimentos de 27 milhões de contos até Setembro A TMN, empresa do Grupo Portugal Telecom, registou até ao final de Setembro um resultado líquido de 14,4 milhões de contos, o que representa um crescimento de 73% face ao período homólogo de 1997. Os resultados antes de impostos tiveram um crescimento de 94,5% relativamente ao mesmo período de 97, atingindo os 22,8 milhões de contos. Ainda durante o mesmo período, os proveitos totais atingiram o valor recorde de 77,8 milhões de contos, um acréscimo de 47% face ao mesmo período de 1997. O cash-flow operacional (EBITDA) foi de 28,7 milhões de contos, representando um crescimento de 78% em relação ao período homólogo de 97. A percentagem do cash -flow operacional no total de proveitos foi de 37% (EBITDA mg = 37%), contra 30% em Setembro de 97. Apesar das sucessivas reduções de preços desde o início do ano, a receita média de serviços por cliente (ARPU), tem-se mantido aproximadamente constante, registando um valor médio de Janeiro a Setembro de 7.646 escudos. Este valor representa, no entanto, um redução de 31% relativamente ao período homólogo no ano anterior No final do período em referência, a TMN atingiu um total de 1.169.249 clientes, o que representa um crescimento de 107% relativamente ao período homólogo de 1997. Nos primeiros três trimestres de 1998, a TMN registou a adesão total de 407.543 novos clientes. Do total de clientes da TMN, cerca de 75% são clientes dos produtos pré-pagos, MIMO, SPOT e TACO. No sentido de dotar as redes da TMN com as infraestruturas necessárias à prestação do serviço da melhor qualidade, a TMN investiu até Setembro cerca de 27 milhões de contos, o que representa mais do triplo do investimento efectuado no mesmo período de 1997. Este investimento foi realizado na instalação de 475 novas estações de base (vulgo, antenas), na ampliação de cerca de outras 500, bem como na instalação de 6 novos comutadores. A TMN instalou, assim, mais do dobro do número de novas estações de base (antenas) do que no período homólogo do ano anterior. O Presidente do Conselho Executivo da TMN, Iriarte Esteves, referiu que "apesar do aumento da envolvente competitiva com a entrada no mercado do terceiro operador, e das sucessivas reduções de preços, a empresa mantém as suas previsões de resultados líquidos para o ano de 1998 em 18 milhões de contos e prevê, ainda, vir a dispor de mais de 1 milhão e 300 mil clientes no final de Dezembro próximo". Resultados do Terceiro Trimestre de 1998: Setembro 1997 Setembro 1998 Desvio Resultados líquidos (Mc) 8,341 14,444 73% Resultados antes dos Impostos (Mc) 11,706 22,772 95% Proveitos Operacionais (Mc) 53,107 77,842 47% Cash Flow Operacional (EBITDA Mc) 16,180 28,742 78% Cash-Flow Operacional em Função dos proveitos (EBITDA mg%) 30 37 21% Receita Média por Cliente (ARPU escudos) 11.081 7.646 -31% Investimento (Mc) 8,075 26,897 233% Nº Clientes 565.503 1.169.249 107%
3,387
Tags
TMN