NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
PT apresenta resultados do primeiro semestre de 2010

PT apresenta resultados do primeiro semestre de 2010

sexta-feira, 06 agosto, 2010 /
PT apresenta resultados do primeiro semestre de 2010 Em comunicado enviado ontem à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a Portugal Telecom divulgou os resultados referentes ao primeiro semestre de 2010 Partilhar

No 2º trimestre de 2010, as receitas operacionais consolidadas da Portugal Telecom ascenderam a 1.909 milhões de euros, o que representa um crescimento de 17,1% face a igual período de 2009. O EBITDA atingiu 664 milhões de euros, um aumento de 11,4% face ao 2º trimestre do ano passado e o resultado líquido aumentou 82,5% para 164 milhões de euros.

De acordo com o comunicado enviado, no 1º semestre de 2010 as receitas operacionais consolidadas da Portugal Telecom totalizaram 3.682 milhões de euros, ou seja, mais 13,8% que em igual período de 2009, enquanto o EBITDA apresentou um crescimento de 8,2%, ascendendo a 1.297 milhões de euros. A margem EBITDA consolidada foi de 35,2% e o resultado operacional atingiu 488 milhões de euros

pt

Segundo os resultados divulgados, o contributo dos activos internacionais, consolidados integral e proporcionalmente, para as receitas operacionais e para o EBITDA foi de 57,2% e de 48,8%, respectivamente. O resultado líquido ascendeu a 264 milhões de euros e o resultado líquido por acção atingiu os 30 cêntimos de euro.

No 1º semestre de 2010, o capex da operadora decresceu 4,5% para 484 milhões de euros, equivalente a 13,1% das receitas e foi, principalmente, direccionado para o investimento na implementação de novas tecnologias e serviços, nomeadamente na rede de fibra óptica e no serviço de televisão em Portugal, bem como para investimentos em 3G e 3,5G em Portugal e no Brasil. Apesar do contínuo investimento em novas tecnologias e serviços, o EBITDA menos capex aumentou 17,5% face ao mesmo período do ano anterior para 813 milhões de euros.

O cash flow operacional foi de 466 milhões de euros, enquanto free cash-flow atingiu os 118 milhões de euros.

Veja os resultados em mais detalhe.


Cristina Brites - Telemoveis.com

*** Este texto NÃO foi escrito de acordo com o novo Acordo Ortográfico***

 
Telemoveis.com on Facebook
Siga-nos no Twitter!
3,588