NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Nokia apresenta resultados recorde

Nokia apresenta resultados recorde

segunda-feira, 08 fevereiro, 1999 /
As receitas da Nokia em 1998 atingiram um valor recorde, de 79.200 milhões de markkas (2670 milhões de contos). Correspondentes a um crescimento de 51 por cento. As receitas da Nokia em 1998 atingiram um valor recorde, de 79.200 milhões de markkas (2670 milhões de contos). Correspondentes a um crescimento de 51 por cento. Os lucros antes de impostos aumentaram 74 por cento, para 14.600 milhões de markkas (492 milhões de contos). «Claramente, foi o nosso superior portfólio de produtos, face à concorrência, que fez a diferença», declarou Jorna Ollila, CEO da Nokia - sobretudo em termos de venda de telemóveis, que registaram um aumento recorde de 74 por cento, tendo a margem operacional crescido 19.1 por cento. Os resultados em 1998 da Nokia ultrapassam largamente os dos seus rivais, refere a Reuters: enquanto as receitas da Motorola estabilizaram, as da Ericsson aumentaram 10 por cento. A Nokia adiantou que, este ano, a sua meta para o crescimento das receitas está entre os 25 e os 35 por cento - e que quer tornar-se o maior fabricante mundial de equipamentos para telecomunicações móveis. O fabricante finlandês acrescentou que, com 41 milhões de telemóveis vendidos (de um total de 163 milhões de unidades) em 1998, ultrapassou a Motorola com cerca de 25% da cota de mercado.
3,128