NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
No futuro o Spotify não viverá só de música

No futuro o Spotify não viverá só de música

terça-feira, 26 março, 2013 /
No futuro o Spotify não viverá só de música

Os vídeos também poderão ser uma das facetas deste popular serviço de streaming de música. Mas há mais: o Spotify quer produzir o seu próprio conteúdo original.

Como será o Spotify no futuro? Embora ainda seja muito cedo para dizer, as mais recentes informações avançadas pelo Business Insider parecem dar-nos algumas luzes em relação a isso. E adivinhem? Não será conhecido apenas por ser um serviço de música.

De facto, as informações disponíveis dão conta de que o spotify pretende expandir-se e passar a competir também com serviços populares como o Netflix e passar a disponibilizar vídeos aos seus utilizadores, além da sua já vasta oferta musical.

No futuro o Spotify não viverá só de música

Mas não só: o Spotify também se encontra à procura de parceiros que o ajudem a financiar e a criar conteúdo exclusivo, tal como por exemplo a sua própria série - à semelhança do que o Netflix fez com a sua própria série House of Cards. Faria esta mudança sentido? Se tivermos em conta que o Spotify conta actualmente com mais de 20 milhões de utilizadores e que um milhão desses são utilizadores que pagam pelo serviço nos EUA, talvez faça sentido expandir a sua oferta em termos de conteúdos.

O que acham os leitores? Gostariam de ver o Spotify tornar-se num concorrente do Netflix? Ou preferem-no tal e qual como se encontra agora? Deixem-nos o vosso feedback!

2,328