NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
MegaUpload, negada a liberdade a Kim Schmitz

MegaUpload, negada a liberdade a Kim Schmitz

sexta-feira, 03 fevereiro, 2012 /
MegaUpload, negada a liberdade a Kim Schmitz

Kim Schmitz do Megaupload teve pedido de liberdade recusado por Tribunal neo-zelandês. Kim Shcmitz, fundador do MegaUpload vai continuar preso.

Kim Schmitz, fundador do MegaUpload, viu negado o seu pedido de liberdade condicional pelo Tribunal de Auckland, na Nova Zelândia. O tribunal decidiu que havia um grande risco de fuga por parte do alemão.

Anne Toohey, promotora de Justiça, declarou à saída do tribunal que «o juiz concluiu correctamente que o risco de fuga não pode ser mitigado pela imposição de condições como a de monitorização electrónica».

MegaUpload, negada a liberdade a Kim Schmitz

Kim Schmitz disse no tribunal que «não vou fugir. Quero lutar contra estas alegações de igual para igual. Tenho três filhos. A minha mulher está grávida de gémeos. Apenas quero estar com elas».

É a segunda vez que é negado o pedido de liberdade a Kim Schmitz, que vai agora continuar preso até, pelo menos, dia 22 de Fevereiro, dia em que o tribunal decide se vai extraditar o fundador do MegaUpload para os Estados Unidos.

2,276