NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Mark Zuckerberg quer todos a entrar no Facebook no trabalho

Mark Zuckerberg quer todos a entrar no Facebook no trabalho

segunda-feira, 17 novembro, 2014 /
Mark Zuckerberg quer todos a entrar no Facebook no trabalho

É um projecto por enquanto conhecido como Facebook At Work. Consiste numa alternativa profissional à rede social mais popular do mundo

*Artigo publicado também no iOnline

 

E se em vez de procurar desbloquear o Facebook no trabalho, parte do trabalho tiver mesmo que passar pelo Facebook? A ideia, embora pareça contraintuitiva, poderá mesmo vir a tornar-se realidade. O Financial Times avançou que a rede social pretende concorrer com plataformas como o LinkedIn, disponibilizando uma alternativa feita a pensar no segmento profissional de utilizadores.

Estima-se que o mercado das plataformas sociais direccionadas para profissionais possa valer aproximadamente mil milhões de dólares, o que o tornaria num alvo apetecível para o Facebook. Desconhece-se ainda se esta oferta seria paga, mas as probabilidades sugerem que, pelo menos inicialmente, o Facebook procuraria rentabilizar a sua oferta através de publicidade.

As diferenças entre o Facebook At Work e o Facebook convencional também não seriam radicais, mas assentariam numa alternativa com menos distracções para os trabalhadores. Nesta plataforma continuaria a ser possível estar presente em grupos, bem como aceder ao popular feed de notícias, mas as informações em exibição não incluiriam actualizações pessoais.

 

 

4,326