NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Mark Zuckerberg do Facebook 'adiou' aquisição do Instagram por episódio do Game of Thrones

Mark Zuckerberg do Facebook 'adiou' aquisição do Instagram por episódio do Game of Thrones

terça-feira, 07 maio, 2013 /
Mark Zuckerberg do Facebook 'adiou' aquisição do Instagram por episódio do Game of Thrones

A aquisição do Instagram foi um negócio de milhares de milhões de dólares, valores monetários que parecem ser insignificantes para Mark Zuckerberg se isso implicar perder um episódio de Game of Thrones, diz-nos um artigo da Vanity Fair acerca do negócio.

Mark Zuckerberg do Facebook 'adiou' aquisição do InstagramA aquisição do Instagram por parte do Facebook foi um dos negócios mais mediáticos do ano passado. Mas que pormenores é que são conhecidos em relação à compra do Instagram? Alguns, de acordo com a Vanity Fair. Como por exemplo, a influência que a série Game of Thrones parece ter tido no ligeiro adiamento de uma decisão que custou milhares de milhões de dólares ao Facebook - Mark Zuckerberg, fã da série, adiou as negociações até terminar o episódio que estava a dar na televisão. Mas há mais a saber sobre o Instagram, como por exemplo:

O Nascimento dos Filtros do Instagram

Se há funcionalidade ou detalhe que descreva a essência do Instagram, são definitivamente os seus filtros de imagem retro, ou 'vintage'. Kevin Systrom, co-fundador do Instagram, refere ter tido esta ideia quando a sua namorada mencionou que as fotografias tiradas por telemóvel nunca teriam tão bom aspecto como as imagens fotografadas por um amigo seu, que aplicava filtros nas suas fotos.

Antes do Facebook veio o Twitter

O Twitter também tentou adquirir o Instagram, inclusive antes do Facebook. Um pormenor interessante e que parece revelar o ambiente pouco formal em Silicon Valley parece ter sido o facto de Jack Dorsey e o (na altura) CFO terem feito uma oferta 'formal' durante uma sessão de bebidas à beira de uma fogueira. Esta oferta aparentemente teve impacto no acordo entre o Instagram e o Facebook, tendo-o prolongado.

O CEO do Instagram já conhecia o CEO do Facebook

Segundo o artigo da Vanity Fair, Mark Zuckerberg e Kevin Systrom já se conheciam antes do Instagram. Ao que tudo indica, Mark Zuckerberg terá tentado convencer Systrom a abandonar Stanford para se juntar a ele no Facebook, e ambos chegaram a jantar juntos algumas vezes após o lançamento da popular aplicação dos filtros de imagem.

Mark Zuckerberg do Facebook 'adiou' aquisição do Instagram

2,740