NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Mais segurança para os mais desfavorecidos: Portugal Telecom oferece 1000 telefones a idosos

Mais segurança para os mais desfavorecidos: Portugal Telecom oferece 1000 telefones a idosos

sábado, 01 maio, 1999 /
A Portugal Telecom vai instalar gratuitamente 1000 linhas de rede na residência de idosos desfavorecidos ou Instituições Particulares de Solidariedade Social que não possuam telefone. 29 de Abril de 1999 No âmbito do Programa «Apoio 65 - Idosos em Segurança», a Portugal Telecom vai instalar gratuitamente 1000 linhas de rede na residência de idosos desfavorecidos ou Instituições Particulares de Solidariedade Social que não possuam telefone. Nas situações de maior risco, essas linhas serão dotadas com um sistema de destino fixo, dirigido à esquadra ou posto de polícia mais próximo, ficando ainda isentas do pagamento das respectivas mensalidades. A Portugal Telecom convida um representante desse Orgão de Comunicação a estar presente na formalização deste Protocolo, cerimónia que conta com a participação do Ministro e do Secretário de Estado da Administração Interna. O Protocolo será assinado entre a Portugal Telecom, representada pelo Administrador Engº Carlos Antunes, e o Ministério da Administração Interna, representado pelo seu Secretário-Geral, Dr. José António Canteiro, no próximo dia 2 de Maio, domingo, às 11 horas, no Governo Civil de Évora (Rua Francisco Soares Lusitano, junto ao Templo de Diana e à PSP). Com esta iniciativa, uma vez mais, a Portugal Telecom assume a sua vocação institucional de empresa solidária, fomentando a melhoria das condições de acesso dos cidadãos carenciados à comunicação. É o caso do serviço TeleAlarme, proporcionado pelo Programa de Apoio Integrado a Idosos (PAII), no qual a PT está já envolvida. Deste modo, a PT dá um forte contributo para a implantação da política de segurança definida pelo Governo, especialmente orientada para áreas ou grupos mais vulneráveis, como são os idosos, e assente em três premissas básicas: prevenção, proximidade e orientação para os problemas. De acordo com dados preliminares das forças de segurança, a quem compete o levantamento da situação, ascende a 10 mil o universo de idosos em condições de melhorar a sua segurança através da instalação de um telefone no seu domicílio. INFORMAÇÕES: José Maria Amado Tel. 01-500 50 85 Patrícia Estrela Tel. 01-500 10 84
2,506