NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Governo satisfeito com encaixe de 142 milhões de contos na privatização da PT

Governo satisfeito com encaixe de 142 milhões de contos na privatização da PT

segunda-feira, 04 dezembro, 2000 /
Governo satisfeito com encaixe de 142 milhões de contos na privatização da PT Os 142 milhões de contos que o Estado vai arrecadar na quinta fase de privatização da PT são um valor justo, afirmaram hoje os ministros do Equipamento Social e das Finanças. «Os 142 milhões de contos que o Estado vai arrecadar na quinta fase de privatização da Portugal Telecom (PT) são um valor justo, afirmaram hoje os ministros do Equipamento Social e das Finanças. O ministro das Finanças falava à margem da sessão especial da Bolsa de Valores de Lisboa e Porto (BVLP) para apuramento dos resultados da quinta fase de privatização da PT. Para Pina Moura, os 1.885 escudos a que foi vendida a maioria dos títulos da operadora representam um bom preço, que está 25% acima do valor apurado na anterior operação, "numa altura em que as condições do mercado são mais adversas". Para o ministro do Equipamento Social, Jorge Coelho, "este é um preço justo, definido pelo mercado". No total, o Estado tinha 111.267.645 acções para vender, destinando-se 41,34% dos títulos à Oferta Pública de Venda (OPV), 21,10% à venda directa institucional e 28,19% para a venda directa de referência.»
2,809