NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Comunicações no Século XXI-Portugueses querem novos serviços mas preocupam-se com os custos

Comunicações no Século XXI-Portugueses querem novos serviços mas preocupam-se com os custos

terça-feira, 24 outubro, 2000 /
Comunicações no Século XXI-Portugueses querem novos serviços mas preocupam-se com os custos Os preços, a segurança nas transacções electrónicas e o impacto dos equipamentos na saúde são os factores que mais preocupam os portugueses no acesso às telecomunicações e aos produtos de convergência que têm vindo a surgir.

«Os preços, a segurança nas transacções electrónicas e o impacto dos equipamentos na saúde são os factores que mais preocupam os portugueses no acesso às telecomunicações e aos produtos de convergência que têm vindo a surgir. De um modo semelhante, mostram possuir um conhecimento deficiente dos meios de reclamação postos à sua disposição enquanto consumidores.

Por outro lado, os portugueses declaram-se entusiasmados com os novos serviços de correio electrónico e de acesso a informações diversas que a terceira geração móvel potenciará. Na mesma bitola, mostram-se receptivos à possibilidade de aceder a emissões de televisão digital com melhor qualidade de som e imagem, mais canais e serviços interactivos em tempo real.

Estas são algumas das conclusões que se podem retirar no inquérito sobre "As Comunicações no Século XXI", realizado este ano pelo Instituto das Comunicações de Portugal (ICP) e pela Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores (DECO) e que é apresentado amanhã, dia 25 de Outubro, na Fundação Portuguesa das Comunicações, na Rua do Instituto Industrial, nº 16, em Lisboa, pelas 15 horas.

Anexa-se, de seguida, o programa da apresentação.


AS COMUNICAÇÕES NO SÉCULO XXI

Inquérito aos Consumidores

Fundação Portuguesa das Comunicações

25 de Outubro de 2000



Programa

15:00   Abertura
        Dr. Luís Nazaré - Presidente do Instituto das Comunicações de Portugal

15:15   Apresentação dos resultados

      Dr. Mário Freitas - Director de Convergência e Desenvolvimento do ICP
      Dr. António Souto - Director Técnico da DECO Proteste

15:45   Análise dos resultados
        Mesa redonda
        Prof. Diogo de Lucena - Professor da Universidade Nova e Administrador da Fundação Calouste Gulbenkian
        Dr. Raul Junqueiro - Presidente da APDC
        Dr. João Nabais - Presidente da DECO
        Dr. Luís Nazaré - Presidente do ICP
        Moderador: Dr. Sérgio Figueiredo - Director do Diário Económico»

2,927