NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
COLT Telecom Group PLC prevê atingir o cash flow positivo em 2005

COLT Telecom Group PLC prevê atingir o cash flow positivo em 2005

segunda-feira, 01 março, 2004 /
Volume de negócios registou um aumento de 14% para 1,747 mil milhões de euros em 2003. Para Barry Bateman, Chairman do COLT Telecom Group, "actuando a COLT num ambiente transaccional altamente competitivo, é bastante encorajador que tenhamos continuado a melhorar os seus resultados financeiros, registando um aumento de 14% do volume de negócios para 1,166.3 mil milhões de libras (1,747 mil milhões de euros) em 2003 e um aumento de 128% do EBITDA situando-se nos 163.4 milhões de libras (244,9 milhões de euros)." Segundo este responsável, "a COLT permanece forte financeiramente. Reduzimos a despesa operacional de 300 milhões de libras (450 milhões de euros) em 2002 para 30.4 milhões de libras (45,5 milhões de euros) em 2003. Perante estes números, continuo confiante de que reforçámos o nosso propósito de alcançar um cash flow positivo já em 2005." Por seu lado, Steve Akin, Presidente e Director Executivo da empresa, refere em relação aos resultados do quarto trimestre do ano passado, que "2004 vai ser um ano de grandes desafios. Independentemente, da nossa reputação como fornecedor líder de serviços ao cliente, do abrangente portfólio de produtos e da nossa estabilidade financeira, este é mais um ano de progresso." Além dos resultados financeiros positivos obtidos em 2003, Steve Akin salienta ainda que, "a COLT continua a ser reconhecida pela contribuição que dá às comunidades onde opera. Na Alemanha, foi distinguida pela segunda vez com o prémio IT-Elite pela excelência do serviço prestado ao cliente, e o prémio Greenfield foi-nos atribuído como reconhecimento pelo nosso contributo ao implementar em Turim, uma das infra-estruturas de TI mais avançadas da Itália. Por outro lado, a COLT Reino Unido foi a única empresa de telecomunicações a receber o Westminster Gold Award." O ano de 2003 foi um período importante já que, além de registar um aumento nas vendas a clientes já existentes, viu a sua carteira de novos clientes aumentar. No final do quarto trimestre a COLT tinha 19 565 clientes nos segmentos de rede e soluções de dados, ou seja, mais 26% do que em período igual em 2002. Os rendimentos provenientes de clientes corporativos confirmaram a tendência de crescimento da empresa, aumentando 16%, com uma subida das receitas das vendas a clientes na ordem dos 17%. Por outro lado, a COLT reforçou a parceria com o Deutsche Bank, e entre os negócios mais significativos, realizados no último trimestre de 2003, destaca-se o da ToldSkat, a autoridade de tributação dinamarquesa para a qual a COLT vai fornecer serviços em Copenhaga e em mais 29 delegações regionais. Em Roma, foram celebrados novos contratos de serviços de Banda Larga com o Departamento de Educação e com a La Sapienza University, e na Alemanha destaque para o alargamento dos negócios com o Commerzbank e a EDS. "A COLT continua a procurar novas oportunidades para aperfeiçoar o serviço prestado ao cliente e alcançar uma maior eficiência operacional. Mais especificamente, a COLT está a analisar a possibilidade de estabelecer uma nova organização de suporte na Índia. Continuamos no caminho certo e à medida que avançamos em 2004, a nossa atenção continua centrada num aumento sustentado dos rendimentos e numa gestão eficaz dos custos operacionais e dos investimentos em activos fixos. Acredito que continuaremos a crescer e a ser uma empresa de sucesso," concluiu Steve Akin.
2,656