NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Apple, Amazon e Microsoft, Greenpeace critica

Apple, Amazon e Microsoft, Greenpeace critica

quarta-feira, 18 abril, 2012 /
Apple, Amazon e Microsoft, Greenpeace critica

Apple, Amazon e Microsoft, Greenpeace critica gigantes tecnológicas. Relatório da Greenpeace considera Google e Facebook exemplos a seguir.

A Apple, Amazon e Microsoft recorrem a carvão e a energia nuclear para alimentarem os seus serviços de Cloud Computing, segundo avançou a Greenpeace num relatório publicado na passada terça-feira.

How Clean is your Cloud é o nome do relatório da Greenpeace, que se foca na forma como as grandes empresas do sector das tecnologias gerem o armazenamento de dados na Cloud - Nuvem -, de forma a que seja possível aceder-lhes em qualquer parte do mundo.

Se estes dados já não são armazenados nos computadores ou nos smartphones dos particulares, eles estão em centros de dados, afirma a GreenPeace, que consomem uma grande porção de electricidade: o equivalente a cerca de 250 mil lares europeus em alguns casos, citada no Público.

Apple, Amazon e Microsoft, Greenpeace critica

As críticas que a Greenpeace tece à Amazon, Apple e Microsoft passa pela falta de atenção que as gigantes tecnológicas parecem dar à origem da electricidade que consomem, recorrendo para isso ao carvão e nuclear para alimentar os seus centros de dados.

Também a Google e o Facebook foram mencionados no relatório, mas como exemplos a seguir. A Google é definida como uma empresa comprometida em mudar para as energias eólicas, solar e hidroeléctrica, enquanto que o Facebook está agora a dar os passos iniciais para se tornar uma empresa amiga das energias renováveis.

Qual é a opinião dos leitores sobre as conclusões do relatório da Greenpeace ? Deixem-nos o vosso feedback nos comentários!

Veja também:

Google investe 71,8 milhões na energia solar

Facebook anuncia Data Center na Suécia

2,992